PLACAR

Finais da Londrina Juniors Cup acontecem neste sábado

Laura Badia (Foto: João Pires)

Londrina (PR) – Os finalistas da 37ª Londrina Juniors Cup foram conhecidos nesta sexta-feira. Em sua categoria principal, de 18 anos, três brasileiros seguem nas disputas de título no ITF J100 realizado no saibro, o mineiro Victor Winheski, o brasiliense Pedro Chabalgoity e a gaúcha Laura Badia. As finais estão marcadas para às 10h deste sábado no Londrina Country Club.

Pedro Chabalgoity, de 16 anos e 240º do ranking, venceu o paranaense João Lago, cabeça 2 do torneio e 200º do mundo, por 6/4 e 6/3. O brasiliense vai em busca de seu terceiro título no circuito mundial juvenil da ITF.

Já Victor Winheski, de 17 anos e 250º do ranking, marcou um duplo 6/3 contra o gaúcho Thiago Guglieri, 352º colocado. O mineiro tem um título de ITF, conquistado este ano em Mendoza, na Argentina, e enfrentará Chabalgoity pela primeira vez no circuito de 18 anos.

Já na chave feminina, Laura Badia venceu uma semifinal brasileira contra Yasmin Costa por 6/3 e 7/5. Badia está com 17 anos, ocupa o 859º lugar do ranking e ainda busca seu primeiro ITF. Ela desafia a argentina Candela Vazquez, canhota de 15 anos e cabeça 2 do torneio, que venceu Sofia Perovani por 3/6, 6/3 e 6/3.

Definidos os campeões de duplas em Londrina

O título de duplas masculinas em Londrina ficou com Victor Winheski e o paraguaio Alvaro Alonso, que venceram Pedro Chabalgoity e João Bonini por 3/6, 6/4 e 10-2. Este é o terceiro ITF do mineiro nas duplas. Já na final feminina, a paranaense Paola Dalmônico e a argentina Candela Vazquez venceram Catharina Cardoso e Ana Cruz por 6/4 e 6/1. Paola, de 18 anos e 311ª do ranking, venceu seu terceiro ITF na modalidade.

Felipe Mamede é finalista em Aruba

O brasiliense de 15 anos Felipe Mamede é finalista do ITF J30 de Noord, em Aruba. Principal cabeça de chave, Mamede venceu o colombiano Santiago Ayala por 6/3 e 6/1. Ele enfrenta o norte-americano Jerald Carroll. Nas duplas, o brasileiro conquistou o título com outro parceiro dos Estados Unidos, Tadevos Mirijanyan. Eles venceram na final os canadenses Rafael Brown e Zachary Plante por 6/2 e 6/4.

Já pelo ITF J30 de Nairóbi, em quadras de saibro no Quênia, Lorenzo Corsini foi superado na semifinal pelo francês Aaron Gabet por 6/2 e 6/0.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE