PLACAR

“Estou cada vez melhor no saibro”, afirma Medvedev

Foto: Mutua Madrid Open/ATP Tour

Madri (Espanha) – Embora não tenha conseguido ir longe em seu primeiro torneio do ano no saibro, caindo nas oitava de final em Monte Carlo, o russo Daniil Medvedev acredita que possa fazer bonito no Masters 1000 de Madri, ainda que a terra batida seja seu pior piso, com 51,8% de aproveitamento, contra 66,7% na grama e 75,1% no sintético.

“Sinceramente, estou me sentindo bem. Sinto isso a cada ano, cada vez mais quando vou às quadras de saibro. Sei que meu jogo é um pouco mais limitado do que em quadra dura em termos do que posso fazer. Se eu jogar uma boa partida em quadra dura, sei que vencerei 90% das partidas”, disse Medvedev durante a coletiva de imprensa desta terça-feira.

“No saibro, esse não é o caso, eu diria que cada partida é 50/50, mas sei o que posso fazer. Tenho que focar no meu lado, no que quero fazer e por isso estou trabalhando minha confiança e cada vez eu jogo melhor. Eu amo a cidade, é ótima, então estou feliz em voltar aqui”, acrescentou o russo, que tem apenas três vitórias em quatro participações no torneio.

Ele está ansioso para deixar esse retrospecto para trás e melhorar ainda mais seu jogo em quadra de saibro na capital espanhola. “Estou gostando cada vez mais do saibro. Tenho bons resultados, boas vitórias e sinto que posso fazer grandes coisas no saibro”, observou Medvedev.

“Quero tentar ganhar mais torneios como fiz no ano passado em Roma, mas para tentar fazer bonito em Roma e em Roland Garros preciso jogar bem aqui em Madri”, acrescentou o russo que em fevereiro passado contratou o francês Gilles Simon para sua equipe técnica para tentar melhorar seu desempenho nos torneios na terra batida.

Dois meses após o início da parceria, ele fez uma reflexão sobre o trabalho. “Ele tenta trazer para o meu jogo algo que talvez eu tenha pensado, mas que não consigo colocar em quadra. Ele explica como posso fazer isso, o que é importante porque durante a partida você não tem tempo para pensar muito. Penso demais no treino, para não pensar demais durante a partida”, comentou.

Medvedev espera pelo vencedor do duelo entre o australiano Christopher O’Connell e o italiano Matteo Arnaldi em sua partida de estreia na capital espanhola, na sexta-feira. O número 4 do mundo lidera o retrospecto contra O’Connell por 3 a 0, enquanto mantém uma vantagem de 2 a 0 contra Arnaldi.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
28 dias atrás

taí mais um cara pronto pra esmagar Djokovic nessa temporada de saibro

Leonel
Leonel
28 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Os dois jogadores estão em baixa. Hoje temos Alcaraz, Sinner e Zevev como favoritos. Quanto ao Djoko,Medvedev , Nadal,Rublev,Dimitrov, Rune,
Ruud, Tsitsipas ficam num caldeirão só (podem até surpreender) porém estão num degrau abaixo cada um com motivos diferentes.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE