PLACAR

Dupla sérvia vira o jogo e garante lugar nas quartas

Olga Danilovic e Hamad Medjedovic (Foto: Jimmie48/WTA)

Perth (Austrália) – Com uma vitória de virada na partida de duplas mistas, a Sérvia garantiu seu o primeiro lugar do Grupo E da United Cup e a vaga nas quartas de final da competição entre países. A parceria de Hamad Medjedovic e Olga Danilovic venceu a dupla tcheca de Miriam Kolodziejova e Petr Nouza por 4/6, 7/5 e 10-8, fechando o confronto contra a República Tcheca por 2 a 1.

Mais cedo, a campeã de Wimbledon Marketa Vondrousova havia marcado o primeiro ponto tcheco ao vencer Olga Danilovic por 6/1, 3/6 e 6/3. Pouco depois, o número 1 do mundo Novak Djokovic havia igualado o confronto ao vencer Jiri Lehecka por 6/1, 6/7 (3-7) e 6/1.

Medjedovic e Danilovic entraram em quadra precisando de apenas um set para avançar às quartas como melhor segundo colocado entre os três grupos disputados em Perth, mas uma vitória seria fundamental para a classificação em primeiro lugar da chave. Ao vencerem a segunda parcial da partida desta segunda-feira, os sérvios comemoram bastante, mas logo retomaram o foco no jogo para efetivamente buscar a liderança do grupo.

Sérvia enfrenta a Austrália, China desafia a Polônia
Com o resultado final, a Sérvia enfrentará a anfitriã Austrália nas quartas de final da United Cup em confronto que acontece a partir das 3h (de Brasília) desta quarta-feira. O time australiano deve contar com Alex de Minaur e Ajla Tomljanovic em simples, além de Storm Hunter e Matthew Ebden.

Já a vaga de melhor segundo colocado ficou com a China, que desafia a Polônia a partir das 23h desta terça. Hubert Hurkacz enfrentará Zhizhen Zhang na abertura da série, e depois a número 1 do mundo Iga Swiatek encara Qinwen Zheng.

 

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Almeida
Paulo Almeida
2 meses atrás

Djoko é virado pra Lua mesmo: jogou a bomba pros dois resolverem e a Sérvia escapou da Polônia, contra quem teria chance mínima no desempate. Contra a Austrália, talvez dê, apesar dos voleios terríveis da Danilovic.

Ubiratan (Black)
2 meses atrás

Foram os que resolveram o problema.
Foram 3 coisas que se não tivessem acontecido seria o mais esperado: Olga ganhar 1 set da Vondrousova, Djokovic perder 1 set e a Sérvia ganhar nas duplas.
Sem esses fatos a Sérvia voltaria pra casa.
Daí Olga sai desse padrão mais esperado e entrega o mínimo em sets que a Sérvia precisaria ter.
Vem o Djokovic e, perdendo 1 set, coloca a Sérvia de volta pra casa novamente.
Para completar, Djokovic tendo que ficar fora das duplas com o problema do punho, teoricamente o jogo decisivo tinha perdido a principal força. Então, pareceu ainda mais improvável a Sérvia passar.
Já nas duplas, do jeito que estava se encaminhando o 1S, que podia ter terminado em 5 a 2, não parecia que a Sérvia conseguiria esse set mínimo para voltar pro torneio. Mas a dupla não só conseguiu como ganhou a partida após crescimento já no 1S.
Em momentos do Djokovic sentado no banco com a mão no rosto e balançando a cabeça negativamente, ficou evidente o quanto estava inconformado de perder 1 set que poderia ser o número final que diria que a Sérvia estaria desclassificada, e olhando do banco sem poder entrar.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE