PLACAR

Draper mantém boa fase na grama e desafia Alcaraz

Jack Draper (Foto: LTA)

Londres (Inglaterra) – Depois de conquistar seu primeiro título de ATP no último domingo em Stuttgart, Jack Draper aproveitou a boa fase nas quadras de grama e estreou com vitória no 500 de Queen’s, em Londres. O britânico superou nesta terça-feira o argentino Mariano Navone por 6/3 e 6/2 em apenas 54 minutos de partida.

Canhoto de 22 anos, Draper está agora com o melhor ranking da carreira, ocupando agora o 31º lugar. Durante a rápida partida de estreia no torneio londrino, o tenista da casa disparou seis aces e não enfrentou break-points. Ele cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço e conseguiu quatro quebras, duas em cada set.

Draper será o próximo adversário de Carlos Alcaraz, número 2 do mundo e atual campeão do torneio. O espanhol venceu os dois duelos anteriores entre eles, o primeiro na quadra dura e coberta da Basileia em 2022 e o mais recente no Masters 1000 de Indian Wells do ano passado.

Harris marca mais uma vitória britânica, Evans cai na estreia

Outra vitória britânica na rodada veio com o convidado local Billy Harris, de 29 anos e 162º do ranking, que derrotou o argentino Tomas Etcheverry, 32º colocado, por 6/4, 3/6 e 6/3. Harris enfrenta nas oitavas o jovem francês de 20 anos Giovanni Perricard, 67º, que eliminou o norte-americano Ben Shelton, 14º do mundo, por 6/3 e 7/6 (7-3).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já o também britânico Daniel Evans abandonou a partida contra o norte-americano Brandon Nakashima antes do terceiro set. Evans relatou uma lesão no joelho direito. Ele havia vencido o primeiro set por 6/4 e perdido o segundo por 6/3. Já Nakashima enfrenta o italiano Lorenzo Musetti, algoz do australiano Alex de Minaur.

Ainda nesta terça-feira, o norte-americano Tommy Paul venceu o argentino Sebastian Baez por duplo 6/4. Seu próximo rival é o chileno Alejandro Tabilo, que bateu o espanhol Alejandro Davidovich Fokina por 7/6 (8-6), 3/6 e 6/1.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE