PLACAR

Djokovic passeia e iguala recorde de Federer nas quartas

Foto: ATP Tour

Melbourne (Austrália) – Depois de alguns jogos duros nas três primeiras rodadas, com dois sets cedidos e três tiebreaks disputados, o sérvio Novak Djokovic passeou em quadra neste domingo. O francês Adrian Mannarino não foi páreo para o número 1 do mundo, acabou sendo dominado e caiu com arrasadores 6/0, 6/0 e 6/3, em 1h45 de confronto.

Primeiro quadrifinalista desta edição do torneio, ‘Nole’ espera agora pelo vencedor do duelo entre Stefanos Tsitsipas e Taylor Fritz. Contra o grego, com quem decidiu o título no ano passado, ele tem apenas duas derrotas em 13 partidas. Djokovic também tem enorme vantagem frente ao norte-americano, que perdeu os oito confrontos entre eles até então.

Com sua quinta vitória em cinco jogos contra o canhoto francês, Djokovic garante pela 58ª vez a vaga nas quartas de final em um Grand Slam, igualando o recorde do suíço Roger Federer. O próximo da lista é o espanhol Rafael Nadal, com 17 a menos que seus dois principais rivais no circuito.

O atual líder do ranking chega pela 14ª vez às quartas só em Melbourne, igualando Nadal e o australiano John Newcombe na segunda posição desta lista. Eles estão atrás apenas das 15 de Federer. Embora seja o Slam de maior sucesso para o sérvio em número de títulos (10) e vitórias (93), o Australian Open é apenas o segundo em número de quartas, empatado com Wimbledon e atrás das 17 de Roland Garros.

A vitória deste domingo foi a 32ª seguida de Djokovic na competição, ampliando ainda mais sua marca de maior sequência no Australian Open, onde não perde desde 2018, quando foi surpreendido pelo sul-coreano Hyeon Chung nas oitavas de final. Depois do sérvio, a maior série vitoriosa é de Andre Agassi (26) e a terceira maior é também de Novak (25).

Responsável pela eliminação de Ben Shelton na rodada anterior, Mannarino não conseguiu se encontrar em quadra e foi presa fácil para Djokovic. O francês terminou a partida com apenas 12 bolas vencedoras e cometeu 31 erros não forçados, enquanto do outro lado o sérvio disparou 31 winners, quase o triplo em relação ao rival, e 15 erros não forçados, menos que a metade.

Totalmente dominado, Mannarino perdeu os 13 primeiros games do jogo, levou “pneu” nos dois primeiros sets e só foi vencer um game no começo do terceiro, evitando sair de quadra de “triciclo”. O francês ainda venceu mais dois games antes de ver Djokovic selar a vitória.

Djokovic mais uma vez esteve afiado com o saque, anotou 17 aces e venceu 74% dos pontos disputados. Ainda assim ele enfrentou três break-points no decorrer da partida, curiosamente nenhum deles no último set, justo o que perdeu games. Já o aproveitamento de Mannarino ficou abaixo da metade (43%). Ele anotou um aces, nenhuma dupla falta, cedeu 11 chances de quebra e perdeu o serviço sete vezes.

25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
5 meses atrás

O goat economizou combustível e o nível elevou consideravelmente. #Faltam3
Idemo!

Souza Oliveira
Souza Oliveira
5 meses atrás

Aí sim viva o tênis bem jogado. Avanteee nunca será….Paz
E olha que eu tô elogiando

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
5 meses atrás
Responder para  Souza Oliveira

Nosso Godines do entretenimento.

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás
Responder para  Souza Oliveira

24 > 22 > 20
69 > 59 > 54
39 > 36 > 28
410 > 310 > 209
8 > 5 = 5
7 > 6 > 0.

Jeferson
Jeferson
5 meses atrás
Responder para  Souza Oliveira

Chora mais godines

Souza Oliveira
Souza Oliveira
5 meses atrás
Responder para  Souza Oliveira

Os torcedores do djoko ficam loucos kkkkk
Nunca será e não adianta chorar… Paz

Alessandro Siqueira
Alessandro Siqueira
5 meses atrás

Foi um verdadeiro passeio. Acredito que se apertasse um pouco mais, a bicicleta teria virado um triciclo.

Gusmão
Gusmão
5 meses atrás

Grande Vitória.
O Adversário até que tentou furar a barreira, e aceitou as trocas de bolas, mas Djokovic estava nos 360°.

Força Djokovic para a próxima partida.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
5 meses atrás

A melhor forma de respeitar o adversário é passando o trator sem piedade. infelizmente não veio o triciclo 18-0 do GOATaço.
Fritz de novo, nada do back atrofiado do Tiririca.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
5 meses atrás

Era hora de economizar energia e aí ele ativou o “modo deus”…..coitado do francês! kkkkkkkkkkkk

Flavio
Flavio
5 meses atrás

Ah, esse 3° goat

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
5 meses atrás
Responder para  Flavio

24 > 22 > 20.

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Paulo Sergio, vou além, pra mostrar pra esse Flavio quem é quem, rs:
24 > 22 > 20
69 > 59 > 54
39 > 36 > 28
410 > 310 > 209
8 > 5 = 5
7 > 6 > 0.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
5 meses atrás
Responder para  José Afonso

Tá errado. É 71 > 59 > 54.

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás
Responder para  Paulo Almeida

Vocês tem razão, erro meu!

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
5 meses atrás
Responder para  José Afonso

*40 > 36 > 28

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Tem razão, erro meu!

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás
Responder para  Flavio

24 > 22 > 20
69 > 59 > 54
39 > 36 > 28
410 > 310 > 209
8 > 5 = 5
7 > 6 > 0.

Cassio
Cassio
5 meses atrás

Jogo chato de ver. O Goat quando enfrenta tenistas não ofensivos ficamos diante de um tênis de pura consistencia. Porque por ser um autentici contra-atacador a gente fica sem espetáculo quando o outro jogador tb é de ficar na espeA do erro. Foi chato. Pena que não foi contra o tênis vistoso do Ben.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
5 meses atrás

Impressionante como Novak sobe o nível nas fases decicivas!!!
Esse cara é uma máquina, uma lenda viva, um ícone…
À Sérvia já teve o maior cientista que o mundo já viu, e tb o maior esportista de todos os tempos!!!

Luis Cláudio
Luis Cláudio
5 meses atrás

A impressão que dá, é que Djokovic espera chegar a segunda semana dos GS pra jogar todo seu tênis.
O sérvio é sem dúvida o melhor jogador de todos os tempos.

Thiago Pereira
Thiago Pereira
5 meses atrás

O maior de todos. Elevou o nível para os momentos que mais precisa, agora vai ficar difícil para-lo. Passou por cima, que o adversário parecia um amador jogando. Rumo ao 25° GS!

Ricardo
Ricardo
5 meses atrás

Caro Dalcim pq meu post não foi publicado? Qual foi o impedimento?

José Nilton Dalcim
Admin
5 meses atrás
Responder para  Ricardo

Os posts que você escreveu nos dias 17 e 18 de janeiro estão no ar, Ricardo. Houve algum outro depois?

Ricardo
Ricardo
5 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Grato pelo retorno. Foi um comentário na postagem do Alexandre Monteiro. Não lembro a data. Mas sem problemas, nada tão importante assim

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE