PLACAR

Djokovic: “Diria que foram duas partidas diferentes”

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nova York (EUA) – Em duelo 100% sérvio que fechou a sexta-feira no Arthur Ashe Stadium, o número 2 do mundo Novak Djokovic levou um susto do compatriota Laslo Djere, perdeu os dois primeiros sets e teve que suar um pouco mais do que de costume para buscar uma virada com parciais de 4/6, 4/6, 6/1, 6/1 e 6/3, gastando 3h45 para se classificar para as oitavas de final no US Open.

“Diria que foram duas partidas diferentes, os dois primeiros sets e depois os três últimos. O placar talvez não faça justiça ao terceiro e ao quarto, acho que foi muito mais próximo do que 6/1 e 6/1. Ele jogou muito bem, nunca o vi jogar assim, estava sentindo a bola extremamente bem. Tudo estava meio que em sua zona de ataque, ele estava taticamente muito bem preparado”, analisou Djokovic.

“Acho que ele começou a partida muito, muito bem, estava muito mais confortável do que eu. Eu estava me defendendo principalmente nos dois primeiros sets. Para ser honesto, poderia e deveria ter jogado melhor nesses dois sets, mas um grande crédito para ele por me deixar desconfortável na quadra e por jogar realmente um dos melhores tênis que já o vi jogar”, acrescentou o tricampeão do US Open.

Djokovic sentiu que conseguiu aumentar seu nível no decorrer da partida. “Também passei a ler um pouco melhor o jogo dele no terceiro, quarto e quinto sets do que nos dois primeiros. Do outro lado, ele seguiu lutando, permaneceu calmo e composto. Não demonstrou muitas emoções de certa forma e não perdeu o controle”, analisou Novak, que não viu queda de rendimento de Djere durante o jogo.

Por fim, o sérvio passou seu recado após uma dura vitória. “Acho que a mensagem que foi enviada para o resto da chave é que ainda sou capaz de jogar cinco sets à noite. Ao mesmo tempo, para ser sincero, não quero estar nesta posição. Prefiro uma vitória em sets diretos. Mas é claro que vencer uma partida é sempre melhor do que perder uma partida. Simples assim”, finalizou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE