PLACAR

Dissidentes de Paris jogam combinado 500 de Washington

Washington (EUA) – Grigor Dimitrov, Ben Shelton, Sebastian Korda e Karen Khachanov abriram mão de suas vagas olímpicas e optaram por disputar o ATP 500 de Washington, tradicional competição que acontece sobre quadras sintéticas. O torneio tem abertura no mesmo dia 27 dos Jogos de Paris e oferece premiação de US$ 2,3 milhões.

Outros nomes fortes do top 30 estão inscritos, como o local Frances Tiafoe e o francês Adrian Mannarino. Eliminado nesta segunda-feira nas oitavas de Wimbledon, o jovem francês Giovanni Perricard, de 2,03m, também promete ser atração.

Importante novidade em Washington será a realização inédita no circuito de uma chave simultânea de um WTA 500. Estão previamente inscritas a tunisiana Ons Jabeur, as locais Madison Keys e Sofia Kenin, as russas Daria Kasatkina e Anna Kalinskaya e a espanhola Paula Badosa.

Disputado desde 1969 e tendo Arthur Ashe como um dos fundadores, o torneio é o único nos EUA que acontece num parque público, o Rock Creek, onde é construído um estádio principal para 7.500 pessoas. Apesar disso, são cobrados ingressos, que variam de US$ 75 nas primeiras rodadas até US$ 91 para as finais.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo
Marcelo
14 dias atrás

o dinheiro quer mandar em tudo. tem atletas que preferem jogar um atp500 do que disputar uma olimpiada. sinal dos nossos tempos. triste.

Oscar Riote
Oscar Riote
14 dias atrás
Responder para  Marcelo

Isso em qualquer esporte. Mas no tênis em específico, não se tem muito isso de jogar pela bandeira. Até por isso, muitos trocam de federação.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE