PLACAR

Demoliner e Matos perdem match-point e são vices

Foto: Luiz Cândido/CBT

Brasília (DF) – Os gaúchos Rafael Matos e Marcelo Demoliner estiveram a um ponto de seu primeiro título como parceria, mas acabaram superados na decisão de duplas do Aberto da República, torneio de nível challenger que distribui US$ 80 mil de premiação.

Numa partida intensamente disputada, eles caíram diante do colombiano Nicolas Barrientos e o sueco Andre Goransson, cabeças 2, com as parciais de 7/6 (7-3 no tiebreak), 4/6 e 11-9.

“É sempre um prazer jogar com o Rafa. Foi frustrante ter acabado o último ponto com uma dupla-falta, mas às vezes o jogo de duplas é injusto. É uma derrota mais doída. Vai ser difícil digerir hoje, amanhã vamos começar a esquecer e aprender com os erros”, resumiu Demoliner.

A dupla brasileira viu diversas chances de quebra no primeiro set, mas não foi feliz nos ‘pontos decisivos’ do primeiro, terceiro e nono games. Matos e Demoliner por seu lado confirmavam com firmeza seus games de serviço, mas fizeram um tiebreak muito irregular, em que perderam quatro vezes o saque.

A situação se manteve no segundo set, mas desta vez os gaúchos viram duas chances de quebra no segundo game e daí em diante os sacadores se firmaram. Até que preciosas devoluções colocaram pressão nos cabeças 2, que permitiram 15-40 e enfim a vantagem brasileira.

A definição foi ao supertiebreak e aí Matos e Demoliner lideraram até 6-4, perdendo então a miniquebra no 12º ponto. Os adversários viraram só com 8-7. A parceria nacional teve então um match-point com 9-8, porém no serviço adversário, e falhou no saque no 10-9.

O torneio em Brasília deu 100 pontos no ranking de duplas da ATP para os campeões e 60 para os vices. Canhoto de 26 anos, Matos vai se manter no 59º lugar e buscava seu 12º challenger na carreira nas duplas. Mais experiente, Demoliner está com 34 anos e ficará no 76º lugar do ranking. Ele já venceu 19 challengers nas duplas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE