PLACAR

De Groot e Kunieda vencem o torneio de tênis em cadeira de rodas

Shingo Kunieda (Foto: site oficial do Miami Open)

Miami (EUA) – A final de simples de tênis em cadeira de rodas do Miami Open definiu a número 1 do mundo Diede De Groot, da Holanda, e o 50 vezes campeão de Grand Slam, o japonês Shingo Kunieda, como os primeiros campeões do evento inaugural.

De Groot garantiu a vitória ao derrotar a colombiana Angelica Bernal por 6/3 e 7/5. A jovem de 27 anos possui um recorde impressionante com 39 títulos de Grand Slam, três medalhas paraolímpicas e está invicta em simples desde fevereiro de 2021.

“Tínhamos algumas pessoas nas arquibancadas, torcendo por nós hoje. Muitos colombianos também, o que criou um bom ambiente. Estou muito feliz pela oportunidade que tivemos aqui esta semana. Esperamos que possamos torná-lo ainda melhor, maior e oficial no próximo ano”, afirmou De Groot.

Apesar de se aposentar em 2022 e não ter disputado uma partida oficial desde a final do Aberto dos Estados Unidos de 2022, Kunieda derrotou o número 1 do mundo, o britânico Alfie Hewett, em melhor de três sets. (O site oficial informa as parciais de 7/6 (7/3) 6/3 6/3, que obviamente estão erradas, com alguma das parciais invertida).  Kunieda, quatro vezes medalhista de ouro paraolímpico, também desempenhou um papel fundamental como diretor do Miami Open Wheelchair Invitational deste ano.

“Esta vitória é inacreditável porque me aposentei no ano passado, então, foi uma pausa de um ano e meio para mim e venci o número 1 do mundo”, comentou Kunieda.

As partidas pelo terceiro lugar foram vencidas pela número 8 do mundo, Dana Matthewson, que derrotou Maylee Phelps por 6/3 e 6/1, e Gustavo Fernandez, que derrotou Gordon Reid por 6/2 e 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE