PLACAR

Davidovich mantém embalo e se garante na semi

Foto: Mike Lawrence/ATP Tour

Toronto (Canadá) – Embalado após eliminar na sequência o alemão Alexander Zverev e o norueguês Casper Ruud, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina manteve a grande forma no Masters 1000 de Toronto e abriu a sexta-feira com uma firma vitória para cima do norte-americano Mackenzie McDonald, gastando 1h36 para marcar parciais de 6/4 e 6/2

“Vencer os melhores jogadores está me dando muita confiança. Eu só quero entrar em quadra e jogar o meu melhor e aproveitar cada momento e cada ponto, construindo assim aquela batalha que eu gosto. As boas rotinas e hábitos são importantes” comentou o espanhol de 24 anos e atual 37º colocado no ranking da ATP.

Davidovich perdeu os dois primeiros games da partida, mas depois se recuperou e controlou o restante da disputa. “Ele (McDonald) estava jogando muito bem no começo e depois cometeu alguns erros e eu acreditei mais em mim. Isso me deu muita força”, comentou o espanhol, que terminou com mais bolas vencedoras (22 a 14) e menos erros não forçados (10 a 13).

Será sua segunda semifinal em um evento Masters 1000, repetindo o feito em Monte Carlo, no ano passado, quando bateu o búlgaro Grigor Dimitrov e depois perdeu a final para o grego Stefanos Tsitsipas. Em busca de um título inédito em nível ATP, ele espera agora pelo vencedor do duelo entre o russo Daniil Medvedev e o australiano Alex de Minaur.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE