PLACAR

Danielzinho vira o jogo e chega à semi em Porto Alegre

Daniel Dutra da Silva (Foto: João Pires)

Porto Alegre (RS) – O experiente paulista Daniel Dutra da Silva será o representante nacional nas semifinais do Brasil Tennis Open, torneio de nível challenger disputado nas quadras cobertas da Associação Leopoldina Juvenil em Porto Alegre. Daniel superou nesta sexta-feira o argentino Guido Ivan Justo, 584º do ranking, por 2/6, 6/3 e 6/2 em 2h17 de partida.

Canhoto de 35 anos e atual 464º do mundo, Danielzinho entrou na chave como lucky-loser e tem como melhor ranking da carreira o 207º lugar, alcançado em agosto de 2022. Brasileiro com maior número de conquistas no circuito da ITF, com 26 títulos e 47 finais disputadas, ele busca sua primeira final de challenger na carreira.

“Estava fora do torneio, já tinha dado errado, aí tive a sorte de entrar, vou tentar aproveitar lutando até o fim e isso está fazendo a diferença. Amanhã mais uma guerra, mas estou me sentindo bem, feliz, grato por estar na semifinal. É tentar aproveitar esse momento, jogar solto e amanhã é sábado, com certeza vai ter mais torcida e vou tentar usar isso também”, disse Dutra da Silva.

Facundo Mena elimina Karue Sell nas quartas

O adversário na semifinal será outro argentino. Ele enfrenta Facundo Mena, de 31 anos e 406º do ranking, que evitou uma semifinal brasileira ao vencer o catarinense Karue Sell, de 30 anos e 555º do ranking, com parciais de 6/7 (7-9), 6/4 e 6/1. Daniel tem duas vitórias em seis jogos contra Mena no circuito, com uma vitória do argentino na semana passada em Concepción.

A campanha até a semifinal em Porto Alegre rende a recuperação de 42 posições no ranking para Daniel, que salta para o 422º lugar. Se ele vencer mais uma volta ao top 400, com chance de chegar ao 390º lugar em caso de título. Já Karue Sell se aproxima do top 500 e salta para a 504ª posição.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Depois de ter perdido o primeiro set com duas quebras, Daniel escapou de todos os seis break-points que enfrentou na segunda parcial e aproveitou uma de suas quatro chances de quebra. O brasileiro iniciou o terceiro set em ritmo arrasador, confirmando seus games de serviço de forma tranquila e conseguindo duas quebras para abrir 5/2. Sacando para o jogo, reverteu um 0-40 e manteve o saque para fechar o jogo.

A outra semifinal em Porto Alegre será entre o peruano Gonzalo Bueno e o turco Ergi Kirkin. Cabeça de chave 8, Kirkin venceu o argentino Juan Bautista Torres por 6/3, 6/7 (3-7) e 7/5. Já Bueno venceu um duelo sul-americano contra o boliviano Juan Carlos Prado Angelo por 6/3 e 6/1.

Ação social para vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Enquanto Porto Alegre vive em clima de alerta por causa das enchentes, os jogadores pedem doação para ajudar as vítimas em todo o estado do Rio Grande do Sul. A torcida tem ajudado, trazendo roupa de cama e produtos de limpeza para serem entregues à defesa civil do estado. Os jogos, transferidos desde a segunda-feira para a sede secundária da Associação Leopoldina Juvenil, o Clubinho, seguiram sem interrupção graças à infraestrutura oferecida pelo clube.

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
26 dias atrás

Daniel aproveitou a chave q ele msm abriu ao derrubar o cabeça de chave n°4, contra o Mena a parada será consideravelmente mais difícil..

Sell seguramente sentiu a diferença dos jogos sendo disputados em saibro Outdoor hj..

Thiago
Thiago
26 dias atrás
Responder para  Refaelov

Pelo que vi da transmissão, o jogo do Sell foi indoor tb. Tenho quase certeza disso…

Arajaribu
Arajaribu
26 dias atrás
Responder para  Thiago

Vc está certo Thiago, até porque as chuvas continuam…

Rafael
Rafael
26 dias atrás
Responder para  Refaelov

Foi indoor e amanhã mesma
Coisa , pensa em chuva …

João Sawao ando
João Sawao ando
26 dias atrás

Estou achando que Daniel ganha esse torneio

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
26 dias atrás

Parabens aos dois, seria maravilhoso o Daniel, destaque e parabens aos jogadores e responsaveis pela ajuda aos gauchos, algo que Open Rio nao fez no ano passado.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
26 dias atrás

Gigante Daniel,bora buscar essa final.

Thiago
Thiago
26 dias atrás

Alguns babam tanto ovo do Sell… jogador bem mediano, nível ali 300-400. Vejo zero chance dele romper esse patamar, ainda mais agora com mais de 30 anos.

Entregou a paçoca no 2o set, com quebra a frente. No 3o, tomou um pau. Cadê a turma que passa pano no jogador A ou B por ideologia?

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
26 dias atrás
Responder para  Thiago

Concordo um pouco. Acho que alguns aqui projetam rankings para o Sell que ele ainda não fez por onde. Fez sua 1º quartas de Challenger agora. Só tem 2 vitórias contra TOP200 na carreira. Eu diria que ele pode talvez bater seu melhor ranking, mas TOP 300 ainda não mostrou por onde

Douglas
Douglas
26 dias atrás
Responder para  Thiago

Acho que tu falou bobagem meu Caro. Precisa conhecer mais quem é karue Sell. Se conhecer Vai se tocar que falou Asneiras.

Última edição 26 dias atrás by Douglas
Thiago
Thiago
25 dias atrás
Responder para  Douglas

Uau. Deve ser praticamente um Fonseca na maturidade. Um futuro top 100 que ainda não desabrochou…

Não estou desmerecendo o cara. Sei que ele se dedica bastante a um trabalho extra quadra e talvez agora tenha decidido dedicar ao circuito. Não estou julgando. Fato é que não tem brilhantismo ali que mereça a babação de ovo de alguns. Mesma coisa o Klier, por exemplo.

Leandro Meneoli
Leandro Meneoli
26 dias atrás
Responder para  Thiago

Ele nunca se dedicou inteiramente ao circuito. Se fizer um calendário completo e realmente quiser somar pontos, ele sobe bastante. Ele prioriza o indoor americano onde a concorrência é muito mais forte. Se fizesse a ronda sul-americana, mesmo o saibro não sendo seu forte, teria muito mais pontos.

Thiago
Thiago
25 dias atrás
Responder para  Leandro Meneoli

Será? O cara não é pangaré, mas penou num Challenger 50… acumularia tanto mais pontos assim, contra os hermanos passadores saibristas? Tenho sérias dúvidas.

E como disse, acho que ele tem tênis pra ranking melhor, sem dúvidas. Acho que umas 150/200 posições acima refletem bem o tênis que tem. Nada muito além disso.

Douglas
Douglas
25 dias atrás
Responder para  Thiago

Kkkk uai Thiago nao era 300/400 como diz vc. Ai em cima e agora esta falando em 150/200 ?. Qual foi. Se contradiz sempre assim meu caro. Mais um fato de estar falando asneiras. Acho que seu lugar nao é comentando Tenis. Pois ja esta nitido que nao sabe de nada. Kkk desmascarado….kkkk que pena te peguei kkkkk

Última edição 25 dias atrás by Douglas
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
26 dias atrás

Daniel em busca da sua 1º final de Challenger. Pela luta em sua carreira, ele merece. Fará sua 3º semifinal de Challenger na carreira.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
26 dias atrás

Grande guerreiro, exemplo de luta e perseverança,na torcida para copar esse torneio

Scott
Scott
26 dias atrás

Daniel aproveitou o challenger fraco, e repare que venceu um oponente do nível onde ele é quase um Djokovic: de future.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE