PLACAR

Collins mantém escrita contra Garcia e volta à semi

Danielle Collins (Foto: Maria Christina Acosta)

Miami (EUA) – O quarto duelo entre Danielle Collins e Caroline Garcia no circuito terminou com mais uma vitória da norte-americana, que segue sem perder sets para a francesa no circuito. Collins garantiu vaga na semifinal do WTA 1000 de Miami com uma vitória por 6/3 e 6/2 em 1h19 de partida nesta quarta-feira.

Esta será apenas a segunda semifinal de eventos de nível 1000 para Collins, sendo que a primeira foi justamente em Miami, ainda em 2018, quando superada por Jelena Ostapenko. A tenista vinda do circuito universitário ainda tem outra boa campanha no torneio em 2022, quando chegou às quartas e parou em Naomi Osaka.

Ex-número 7 do mundo e finalista do Australian Open em 2022, Collins tem dois títulos de WTA e busca a quarta final da carreira. A norte-americana de 30 anos e atual 53ª do ranking já anunciou ainda em janeiro que esta é sua última temporada no circuito profissional.

A adversária de Collins na semifinal pode ser a também anfitriã Jessica Pegula, 5ª do ranking, ou a russa Ekaterina Alexandrova, 16ª colocada e que chega motivada pela vitória sobre a número 1 do mundo Iga Swiatek. Ela perdeu os cinco jogos que fez contra Pegula, o último no ano passado em Roland Garros, e ainda não enfrentou Alexandrova.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Já Garcia vinha de vitórias sobre duas campeãs de Grand Slam, Naomi Osaka na terceira rodada e Coco Gauff nas oitavas. A francesa de 30 anos e ex-número 4 do mundo é a atual 27ª do ranking. Ela tem 11 títulos no circuito da WTA, incluindo três torneios de nível 1000 e o Finals de 2022.

A partida desta quarta-feira começou dominada pelas sacadoras, com games rápidos e pontos definidos em poucas trocas de bola. Ainda que Garcia tenha forçado um game longo no serviço da adversária, Collins não enfrentou break-points no primeiro set e conseguiu a única quebra da parcial em um game com boas devoluções. Ela abriu 5/3 e definiu o set no game seguinte. Collins fez um winner a mais, 6 a 5, mas cometeu só 8 erros contra 16 de Garcia.

No intervalo entre os sets, Garcia recebeu atendimento para o ombro direito. Ela já havia recebido tratamento parecido na partida contra Gauff na última segunda-feira. Collins continuou sacando muito bem e sem enfrentar break-points. A norte-americana conseguiu duas novas quebras e definiu a disputa em sets diretos.

Collins liderou a estatística de winners por 22 a 12 e cometeu 16 erros contra 26 de Garcia. A tenista da casa não enfrentou break-points e cedeu apenas 11 pontos em seus games de serviço. Ela criou oito chances de quebra na partida e aproveitou três.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
19 dias atrás

Que pena que a collins vai parar .muito jovem

Paulo Mala
Paulo Mala
19 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Tomara que ela consiga o título em Miami e isso a faça pensar num adiamento da aposentadoria

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE