PLACAR

Collins anuncia que 2024 será sua última temporada

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – Eliminada nesta quinta-feira pela polonesa Iga Swiatek na segunda rodada do Australian Open, a norte-americana Danielle Collins teve a partida na mão ao obter duas quebras de vantagem e sacar com 4/1 no terceiro set, mas acabou sofrendo a virada. Logo após o jogo, ela conversou com os jornalistas e tratou de minimizar o peso da derrota, dando os créditos à adversária.

“Eu perdi por 6/4 no terceiro set para uma das melhores jogadoras do mundo, e ela jogou um ótimo tênis. Deixei tudo na quadra. Acho que todas sabemos o que esperar contra a Iga. Eu tentei evitar que ela impusesse o jogo dela o máximo que pude, e fiz isso bem em muitos momentos. Depois, não consegui mais”, explicou a finalista de 2022 no Melbourne Park.

Logo a seguir, Collins fez uma grande revelação aos jornalistas, afirmando que 2024 será a sua última temporada no circuito profissional. “Estou no final da minha carreira e essas derrotas não doem tanto, para ser honesta. Eu sinto que cheguei ao ponto em que obviamente elas são importantes, mas no final do dia você ganha ou perde, e é isso. Esta será minha última temporada competindo. Não sei exatamente quando, mas estou realmente ansiosa por isso”, afirmou a jogadora de 30 anos.

Ex-número 7 do mundo, Collins ocupa hoje a 62ª posição no ranking e possui dois títulos de WTA, ambos conquistados em 2021, no saibro de Palermo e na quadra dura de San José. Em Grand Slam, ela tem outra semifinal na Austrália e fez quartas em Roland Garros no ano de 2020. Com uma carreira expressiva, ela sente que agora é o momento certo para se retirar das quadras.

“Sinto que tive uma carreira muito boa. Certamente houve altos e baixos nisso, e acho que as viagens e alguns compromissos fora da quadra tornam esse esporte muito difícil. Existem outras coisas que gostaria de realizar na minha vida fora do tênis e quero ter tempo para isso. Obviamente, ter filhos é uma grande prioridade para mim”, disse.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Jennifer Brady vai operar o joelho mais uma vez
Finalista do Australian Open há três temporadas e ex-top 15, a também norte-americana Jennifer Brady precisará passar por uma nova cirurgia e vai se afastar do circuito por tempo indeterminado. Ela já havia ficado sem jogar por dois anos, entre 2021 e 2023, por causa de uma grave lesão no joelho. Desta vez, ela não deu grandes detalhes, mas afirmou em suas redes sociais que machucou o joelho durante a pré-temporada e o tempo de recuperação será extenso.

Semifinalista do US Open nas simples em 2020 e nas duplas no ano passado ao lado da paulista Luísa Stefani, Brady anunciou que durante o tratamento atuará como assistente técnica voluntária na Universidade da Califórnia (UCLA), onde disputou o circuito universitário em 2013 e 2014.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Pedro Henrique Verano
Pedro Henrique Verano
5 meses atrás

Dos melhores backhands de duas mãos do circuito. Vai deixar sdds. Joga muito!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE