PLACAR

CBT cria Programa de Desenvolvimento do Tênis Feminino

Luiz Peniza, capitão do Brasil na Billie Jean King Cup (Foto: Divulgação/ CBT)

Florianópolis (SC) – Dando continuidade ao trabalho de desenvolvimento do tênis brasileiro, a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) anunciou, nesta sexta-feira, a criação do Programa de Desenvolvimento do Tênis Feminino, que terá à frente do projeto Luiz Peniza, capitão do Time Brasil/ BRB na Billie Jean King Cup, e Rafael Paciaroni, auxiliar técnico.

“A CBT considera muito importante a atuação direta do capitão da Billie Jean King Cup não só nos confrontos da equipe feminina, mas também no desenvolvimento do tênis feminino nacional como um todo. Este tipo de programa, com a participação do capitão, as atletas profissionais e os patrocinadores da Confederação, com certeza, irá render frutos a médio e longo prazo para as atletas de 12 a 18 anos”, enfatiza Guilherme Gesser, gerente esportivo e de projetos da CBT.

O Programa de Desenvolvimento do Tênis Feminino conta com quatro projetos. O Imersão In Loco começou nesta semana com Peniza acompanhando a Brasil Juniors Cup, em Caxias do Sul, as categorias 12 anos (CBT) e 14 e 16 anos (Cosat). O projeto visa a observação e monitoramento de várias competições desde o nível infantojuvenil (CBT, Cosat e ITF) e profissional (ITF e WTA). Peniza também estará em Miami no WTA 1000.

Num segundo momento, a partir de abril, no programa de Acolhimento “Estar lá”, as jogadoras da equipe da BJKC e seus treinadores receberão as atletas juvenis e seus treinadores, de acordo com os critérios que serão divulgados posteriormente, em competições de nível WTA, gerando oportunidades e experiências positivas em competições de grande porte.

O programa prossegue com o projeto de Encontro de Treinamento. Serão realizados três encontros de treinamento ao longo do ano, começando em junho, com o objetivo de unir as jogadoras em um mesmo ambiente, e também gerar a interação e trocas de informações entre os treinadores.

Também está previsto o projeto de Desenvolvimento dos Treinadores, com reuniões mensais de forma virtual, com discussões sobre o tênis feminino com grupo de treinadores, a partir de maio.

“O Programa de Desenvolvimento do Tênis Feminino consiste em quatro projetos que serão desenvolvidos ao longo do ano, com o propósito de gerar oportunidades e experiências para as atletas e treinadores no processo de formação. A equipe técnica da BJKC está muito comprometida e ciente das responsabilidades com a evolução contínua do nosso esporte através dessa iniciativa proporcionada pela CBT”, finaliza Peniza.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Golaço da CBT! Não é à toa que o tênis brasileiro vive um grande momento: penso que a atuação da CBT tem sido decisiva para isso, apesar de ainda termos poucos torneios profissionais no país, notadamente futures femininos…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE