PLACAR

Casais do mesmo sexo poderão ficar juntos no WTA Finals em Riad

Foto: Jimmie48/WTA

Riad (Arábia Saudita) – Casais do mesmo sexo poderão dividir quartos durante a disputa do WTA Finals em Riad, na Arábia Saudita, de acordo com um representante do circuito feminino. Riad sediará as próximas três edições do evento, apesar das polêmicas, de 2 a 9 de novembro, reunindo as oito melhores tenistas de simples e as oito principais duplas da temporada.

Uma das questões que rodeiam esta decisão é que a homossexualidade de qualquer tipo é proibida pela lei da Sharia. “É difícil falar sobre isso”, disse Daria Kasatkina, a jogadora gay mais visível do circuito feminino, quando o assunto surgiu no meio do ano passado, no verão europeu. “Para mim, não acho que tudo seja uma questão de dinheiro.”

Mas Marina Storti, executiva-chefe da WTA Ventures, disse ao jornal britânico Telegraph Sport que “tivemos a garantia de que todas serão bem-vindas na Arábia Saudita, independentemente da orientação sexual ou religião. Se houver casais do mesmo sexo viajando para Riad e quiserem dividir quartos no hotel, isso será acomodado.”

Storti também foi questionada sobre a oposição à Arábia Saudita expressada em janeiro pelas lendas do tênis Chris Evert e Martina Navratilova. Em resposta, Storti disse: “Temos conversado com Chris e Martina, tenho um grande respeito por elas. Conversamos, ouvimos as suas preocupações, partilhamos tudo com as jogadoras, lemos as cartas que nos enviaram. Continuamos a ter um relacionamento muito bom com elas, mas tivemos que tomar a decisão certa para as jogadoras, os torcedores e o tour.”

 

35 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Eu não confiaria. Lá é uma ditadura absolutista e não há direitos humanos…

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás

não existe “casal do mesmo sexo”. casal é homem e mulher

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Diz o dicionário… “Par formado por duas pessoas que mantêm relação amorosa”

Albert
Albert
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Dalcim, anota aí: TODA vez q vc escrever a palavra “casal” se referindo a gays vai ter pelo menos um comentário homofóbico de alguém q não sabe q é homofóbico. Seis pessoas já curtiram o comentário dele.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Albert

Nem fui eu quem escreveu, apenas informei o que diz o dicionário. Não tiro o direito de quem não aceita relacionamentos homoafetivos. É compreensível. No entanto, o que me parece essencial entender é que cada pessoa tem o direito de fazer o que quiser de sua própria vida, desde que não esteja prejudicando alguém deliberadamente.

Vitor Façanha
Vitor Façanha
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

De que maneira é compreensível ?

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Vitor Façanha

Crenças religiosas, por exemplo, Vitor.

Vitor Façanha
Vitor Façanha
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Mas ter um crença religiosa não quer dizer que seja compreensível a pessoa não aceitar um relacionamento homoafetivo do qual ela não faz parte. Seria a mesma coisa que eu chegar aqui e dizer que não aceito o fato de você ter um relacionamento com um mulher, por exemplo, o que você faz da sua vida independente da religião não é da minha conta

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Vitor Façanha

É compreensível que não se aceite isto ou aquilo, Vítor. Há religiões muito fechadas quanto a determinados assuntos. No entanto, a meu ver, isso não dá direito a se ter atitudes racistas ou segregacionistas, estas sim não podem ser admissíveis.

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Até porque vivemos numa sociedade laica, onde a fé é premissa individual, não é ditame coletivo. A bronca das jogadoras é que sociedades com a da Arábia se baseiam na distorção do Islã para controlar pessoas e costumes e, levar um entretenimento mundial para um lugar assim é um risco e um certo apoio ao mal que fazem aos humanos em geral.

Nedu RIbefersi
Nedu RIbefersi
1 mês atrás
Responder para  Vitor Façanha

Comparação nada a ver

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Se houvesse uma religião que dissesse que os seres mais evoluídos fossem os gays e que pessoas heterossexuais fossem consideradas seres inferiores e por isso, teriam alguns direitos restritos (como só gays pudessem jogar tênis), seria compreensível? Só um exercício de pensamento. A fé religiosa, seja qual for, não é excludente. O verdadeiro islã sempre foi tolerante com a diversidade de crenças e de costumes, assim como o cristianismo foi mais tolerante em sua base verdadeira. Políticos oportunistas distorceram essa e outras religiões. Sou psicólogo clínico e sei o quanto o preconceito é perverso com a alma humana. Tantos talentos no esporte e outras áreas, tantas vidas prejudicadas por doentes que insistem em tentar ditar o que é certo. Triste.

Albert
Albert
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Sim. Eu quis dizer “toda vez que alguém escrever a palavra….”. O pensamento deles, em si, é desprezivel. So não podem atrapalhar a vida dos outros, e isso vale pra qq tipo de preconceito.

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  Albert

Esses homofóbicos precisam descobrir que a doença, que a verdadeira aberração é ter preconceito com a vida íntima do outro, que sequer lhes dizem respeito.

Thiago N
Thiago N
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Diz a Bíblia: Mateus 19:4-7 Nova Bíblia Viva Português (NBV-P)
“Nelas está escrito que no começo Deus criou o homem e a mulher, e que o homem deve deixar seu pai e sua mãe, e unir-se à sua esposa e os dois se tornarão uma só carne. Assim, eles não mais serão dois, mas sim uma só carne!

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Thiago N

Não estou preocupado com o que diz a Bíblia, Thiago. Isso cabe à crença de cada um. Respeite o direito do outro.

marcello
marcello
1 mês atrás
Responder para  Thiago N

E segue tudo o que diz a bíblia? Vai pro céu, hein?!?

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  Thiago N

E o que a sua crença tem a ver com a vida civil? Por acaso a religião é algo obrigatório? Triste ver que uma pessoa adulta acredita que a a sua fé é a única verdade e quer importunar os demais com sua crença. Primitivo demais isso.

Cabelão de Boneca 2024
Cabelão de Boneca 2024
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

kkkkkk estimado Dalcim precisa explicar pro rapaz ali o que é dicionário kkkk

Cristiana
Cristiana
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Ah não? Dê uma passada nos cartórios de registros, nos fóruns especializados em família. E aguarde, o novo texto que reformará o Código Civil vai excluir a expressão homem e mulher. Melhor ir se acostumando.

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Cristiana

Hahahaha. Macetou!!!!

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  Cristiana

seres da extrema direita conseguem espalhar fake news e os tolos acreditam. Triste isso. Poderia se informar melhor antes de falar asneiras…

Rogério Jeaua
Rogério Jeaua
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Caro homofóbico inelegível! Essa discussão já está ultrapassada.
A questão agora é saber se autores de comentários como o seu podem ou não ser presos, pois homofobia agora é crime!

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Isso não é você quem define. Respeite, não tente colocar teu preconceito disfarçado de corretor de terminologias.

Ana
Ana
1 mês atrás

Respeito é bom e dever de todos.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Não sabia que a daria é gay

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Faz tempo que ela revelou, Ando.

Cristiana
Cristiana
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Sim, faz tempo.
Ela mantém um canal no You Tube com a parceira dela contando os bastidores do circuito, curiosidades e tal. É bem interessante pra saber sobre os torneios.

João
João
1 mês atrás

Sou contra o relacionamento homossexual por convicção religiosa, mas também acho que isso não é uma questão de Estado, que não deve legislar se uma pessoa pode ou não viver junto ou alugar um quarto de hotel com outra do mesmo sexo, assim como não pode obrigar instituições religiosas a aceitar membros homossexuais ou praticar cerimonias de casamento de pessoas do mesmo sexo. Sou a favor da liberdade e cada um pague por seus atos.

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
1 mês atrás

O povo da Arábia Saudita acredita em papai Noel. O que o dinheiro faz para promover um país com leis da idade média.

Nedu RIbefersi
Nedu RIbefersi
1 mês atrás
Responder para  Carlos Carcamino

E Rússia, China e etc, onde gays são totalmente perseguidos, são os países comunistas os mais opressores por sinal, teriam que boicotar lá também.

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás

Este não é o fórum adequado para este tipo de debate. A verdade é que o pensamento progressista quer enfiar goela abaixo dos conservadores a sua ideologia.

gil
gil
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

Basta os verdadeiros doentes (homofóbicos disfarçados de conservadores) se limitarem a ficar com seus preconceitos para si…

Reginaldo Rabelo
Reginaldo Rabelo
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

E vice-versa, conservadores querendo impor suas convicções a todos os outros. Concordo que toda discussão é inútil pois as pessoas só creem no que creem…

Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
1 mês atrás

Penso que cada um faz o que quiser de sua vida e responda pelos seus atos sejam quais forem, mas antes de levantar essa questão homossexual é preciso falar que lá na Arábia as mulheres não valem quase nada, tratadas como lixo, então pra que fazer um evento em lugar assim? É dinheiro e interesses, aí depois vem com esse discurso contra homofobia e tal, são todos hipócritas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE