PLACAR

Boscardin disputa sua segunda final de challenger

Pedro Boscardin (Foto: Lima Challenger)

* Atualizado às 23h37 com duplas e às 22h45 com adversário

Lima (Peru) – O catarinense Pedro Boscardin ganhou sua segunda chance de conquistar o primeiro título de nível challenger de sua jovem carreira profissional. O tenista de 21 anos superou neste sábado o argentino Hernan Casanova, por 6/3 e 6/4, e com isso decidirá o challenger de nível 50 sobre o saibro peruano.

Seu adversário será outro argentino e o principal favorito da semana, Juan Manuel Cerúndolo. O número 181º do ranking levou a melhor no duelo contra o compatriota Juan Bautista Torres, 405º colocado, mas precisou lutar mais de três horas para anotar 7/6 (7-5), 5/7 e 6/4.

Aos 21 anos e 533º do mundo, Boscardin atingiu a final do challenger de Coquimbo, no Chile, em maio de 2022, um torneio de nível 80, e foi superado na final pelo também argentino Facundo Diaz Acosta. Seus títulos de simples até agora vieram num M15 em 2022 e em M25 de 2021.

A campanha até aqui rende 25 pontos na ATP a ele, o que deve levá-lo para perto da 450ª posição. Em caso de título, serão 50 pontos e voltará ao grupo dos 400 melhores. Seu recorde pessoal no ranking é o 293º lugar em agosto de 2022

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Ainda neste sábado, Boscardin fez a final de duplas, ao lado do experiente paulista Pedro Sakamoto, e os brasileiros ficaram com vice. Foram superados pelo libanês Hady Habib e pelo norte-americano Trey Hilderbrand, por 7/5 e 6/3. Os três títulos de challenger que Boscardin tem nas duplas foram conquistados no ano passado, dois com Gustavo Heide e um com João Lucas Reis. Por sua vez, Sakamoto venceu seu primeiro challenger nas duplas em janeiro, ao lado de João Fonseca em Buenos Aires.

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Olha o Boscardin voltando a jogar bem,quem sabe venha o título dessa vez, vamos!!!

Lucas F.
Lucas F.
1 mês atrás

Parece que temos mais um jovem promissor!

Maurício
Maurício
1 mês atrás
Responder para  Lucas F.

Ele é promissor faz tempo, tanto que chegou a ser 293 do ranking, e quando tinha tudo para subir muito mais no ranking teve uma lesão que o tirou das quadras por uns 4 meses e depois disso demorou a retomar a confiança. Vamos Boscardin.

Kario
Kario
1 mês atrás

Pelos resultados q vinha tendo, eu achava q o Boscardin ia perder pro Sell, e hoje apostaria alto no argentino. Calou minha boca com uma ótima atuação. Tomara q tenha se reencontrado e continue sua escalada no ranking, permitindo voos mais altos. Parabéns.

Maurício
Maurício
1 mês atrás

Grande resultado do Boscardin. Que consiga trazer o título amanhã. Lembrando que ele é o mais novo atleta Tênis Route.

Charles
Charles
1 mês atrás
Responder para  Maurício

Sim, é aquilo que eu falei ano passado: a ida para a Argentina era temida por parte do seu staff, por causa do emocional. Deu no que deu. Foi só voltar ao Brasil que as coisas melhoraram

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
1 mês atrás

Boscardin vinha em péssima fase e em um ano muito fraco. Espero que esse torneio seja um recomeço pra ele, que fez um 2022 muito bom no seu primeiro ano como profissional. Fará sua 2° final de Challenger na carreira, em busca de um título inédito. Na torcida

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns Boscardin, sempre acreditei no seu tenis, e espero que tenha recuperado a confiança e o bom tenis. Era para estar junto de Heide. Na torcida por este título.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
1 mês atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Só de citar o Heide já corre o risco de o Boscardin dar wo amanhã

Marcos J. C. Souza
Marcos J. C. Souza
1 mês atrás

Surpreendente

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás

Vai vencer hoje!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE