PLACAR

Bia sobe duas posições e Laura se reaproxima do top 100

Foto: Luiz Candido/CBT

Miami (EUA) – Mesmo sem jogar desde a eliminação na primeira rodada de Roland Garros, a paulista Beatriz Haddad Maia foi beneficiada pelos resultados de suas concorrentes diretas e ganhou duas posições no ranking da WTA, assumindo agora a 18ª posição. Nesta semana, a número 1 do Brasil não tem pontos a defender e disputa o WTA 500 de Berlim, estreando contra a russa Ekaterina Alexandrova.

Quem também subiu na lista feminina foi Laura Pigossi, que, com os pontos obtidos ao chegar nas quartas de final do WTA 125 de Valência, ultrapassou seis adversárias e chegou à 109ª colocação. Neste momento, a segunda principal tenista do país está a 33 pontos da espanhola Rebeka Masarova, que abre o top 100.

Por sua vez, Carolina Meligeni Alves ganhou 11 posições. Mesmo após ser eliminada na estreia do ITF W35 de Gdansk, na Polônia, ela tinha pontos a receber por ter avançado uma rodada no W35 de Kursumlijska Banja, disputado há duas semanas na Sérvia, e voltou ao top 400, ocupando hoje o 393º posto. Na contramão, a maior queda brasileira foi da gaúcha Gabriela Cé, que despencou 31 lugares e aparece apenas como a 516ª colocada.

Veja a movimentação do top 10 brasileiro no ranking de simples da WTA:

Beatriz Haddad Maia – 18ª (+2)
Laura Pigossi – 109ª (+6)
Carolina Meligeni Alves – 393ª (+11)
Gabriela Cé – 516ª (-31)
Ana Candiotto – 609ª (-2)
Thaísa Pedretti – 615ª (+7)
Luiza Fullana – 807ª (+6) – melhor ranking
Julia Konishi – 836ª (+12)
Carolina Bohrer – 898ª (-3)
Letícia Vidal – 948ª (+18) – melhor ranking

Poucas mudanças nas duplas

Já no ranking de duplas, as principais tenistas brasileiras não saíram do lugar na atualização desta segunda-feira, com Luisa Stefani encabeçando a lista na 13ª posição, seguida por Beatriz Haddad Maia no 46º lugar e Ingrid Martins no 59º posto.

Destaques para as subidas de duas colocações de Laura Pigossi (216ª), uma de Ana Candiotto (294ª), cinco de Rebeca Pereira (301ª), duas de Gabriela Cé (582ª), uma de Thaísa Pedretti (635ª) e 40 de Julia Konishi (802ª). Carol Meligeni desceu um lugar e é a 392ª.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ivan
Ivan
28 dias atrás

A Pigossi vai bravamente se sustentando próximo ao top 100 desde aquela final de Bogotá, para desespero dos haters que previam o seu sumiço do ranking em um futuro próximo.

Paulo A.
Paulo A.
28 dias atrás

Muito boa notícia para a Bia. Que bom seria se fizesse uma grande campanha lá em Berlim. Mas não acredito nisso…

Sebastião Aluízio de Souza
Sebastião Aluízio de Souza
27 dias atrás

Decepcionante a Bia não ganha faz tempo !

Jorge Luiz
Jorge Luiz
26 dias atrás

Muito decepcionado com a bia está sem força de vontade depois que assinou um bom patrocínio cai de rendimento parece que o dinheiro fez mau a ela e o técnico dela aplaudindo ela numa que emoção nem faz cócega nas mãos …

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE