PLACAR

Bia e Ingrid caem para chinesas na estreia em Berlim

Foto: Reprodução/Instagram (Ingrid Martins)

Berlim (Alemanha) – Em seu segundo torneio jogando juntas, a paulista Beatriz Haddad Maia e a carioca Ingrid Martins novamente não passaram da estreia. Desta vez, as brasileiras caíram na primeira rodada do WTA 500 de Berlim diante das chinesas Xinyu Wang e Saisai Zheng em jogo bastante equilibrado e definido em três desempates, com parciais de 6/7 (5-7), 7/6 (7-5) e 10-5 em 2h18 de confronto.

Com mais uma derrota precoce, a parceria nacional segue sem vencer em jogos na elite do circuito, já que também parou na primeira rodada do WTA 1000 de Madri. Vale lembrar que Bia e Ingrid já dividiram a quadra anteriormente em três ITFs portugueses no ano de 2020, faturando o título em Figueira da Foz e ficando com o vice em Funchal.

Ao menos por enquanto, o revés em Berlim não vai causando grandes prejuízos para as duas tenistas no ranking de duplas. Atual 46ª do mundo na especialidade, Bia está até ganhando uma posição provisória, enquanto Ingrid está perdendo um lugar e ficando no 60º lugar.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já as vencedoras Wang e Zheng seguem para as quartas de final e agora esperam pelas vencedoras do duelo entre as irmãs ucranianas Lyudmyla e Nadiia Kichenok e a parceria da norueguesa Ulrikke Eikeri com a estoniana Ingrid Neel.

Duelo equilibrado do começo ao fim

A partida desta segunda-feira teve como principal caracterísca o equilíbrio. O jogo começou favorável às brasileiras, que salvaram dois break-points logo na abertura e obtiveram a primeira quebra no segundo game, chegando a abrir uma confortável vantagem de 4/1. No sétimo game, porém, as chinesas devolveram o break e voltaram para a disputa, desperdiçando ainda uma importante chance de tomar a frente no 5/5. A definição foi para o tiebreak numa disputa ponto a ponto até a reta final, quando Bia e Ingrid prevaleceram e fecharam a parcial a seu favor.

No segundo set houve um total domínio das sacadoras, sem que nenhuma quebra fosse concretizada. Enquanto Bia e Ingrid precisaram salvar dois break-points, Wang e Zheng evitaram cinco chances das brasileiras, duas somente no 11º game, levando novamente a decisão para o tiebreak. Desta vez, as chinesas começaram o desempate indo para cima e abriram 4-0 logo de cara. Elas administraram bem a gordura no placar e empataram o jogo.

Com isso, a partida foi para o match-tiebreak e mais uma vez Wang e Zheng tiveram um início melhor, ganhando seis dos sete primeiros pontos da parcial decisiva. As brasileiras até chegaram a ensaiar uma reação e diminuíram o prejuízo para 7-5, mas as adverárias venceram não permitiram a virada e fecharam o jogo com um toque de Ingrid na rede durante o ponto.

22 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
29 dias atrás

Mais do mesmo, nunca venceram jogando juntas… Quando a fase está ruim, até em duplas, repercute. Vida que segue…

flavio
flavio
29 dias atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Eu queria estar numa fase ruim dessas … dois anos entre as 20 melhores do mundo e mais de 30 milhões na conta

Arajaribu
Arajaribu
28 dias atrás
Responder para  flavio

Tempos atrás eu concordava contigo, Flavio. Mas a fonte seca… ladeira abaixo desse jeito…

Andy Schmid
Andy Schmid
28 dias atrás
Responder para  flavio

…e sendo apenas coadjuvante em torneios. Tá certa ela. Ganhou certo, esforço mínimo. Vivendo dos brilharecos de anos passados.

Burigoto
Burigoto
28 dias atrás
Responder para  Andy Schmid

Andy, vc tem razão. Bia precisa se impor e voltar a ser respeitada no circuito. Como pessoa ela é ótima querida e elogiada por todas que a conhecem como disse dias atrás Iga ao ser indagada sobre a Bia. Mas, de nada vale ser querida no circuito e não ser respeitada na quadra. Já é momento de Bia ser protagonista. Tem gerações de novas tenistas chegando com faca nos dentes. Se Bia deseja realmente ganhar um grand Slam como disse na entrevista para TV ESPN da última vez que esteve aqui no Brasil. Bia. Agora é faca nos dentes!

Oscar
Oscar
28 dias atrás
Responder para  Burigoto

É verdade… me parece que ela não tem esse respeito dentro de quadra. As jogadoras não estão nem aí se ela foi top10 e dificultam mesmo.

edimir
edimir
28 dias atrás
Responder para  Burigoto

acredito que já passou da hora para trocar de técnico ( sem nenhum demérito ao atual ) , apenas para respirar novos ares e novas formas de jogo, coisa normal para todos os tenistas pois seu jogo é muito igual em todos os jogos, necessitando de variações. ( esta é minha opinião).

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  edimir

Venho tocando nesta ferida desde o ano passado e parece que ela está acomodada com o Rafa, aí vem a pergunta de um milhão: Técnico, amigo ou namorido?

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  Andy Schmid

Poderia estar ganhando muito mais se estivesse numa boa fase.

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  flavio

Eu também gostaria de ganhar esta grana, porém sem esforço, sem treinamento, sem ter que jogar e não tendo que pagar imposto, viagens e estadias próprias e da comissão técnica e ainda daria 10% para a caridade, mas infelizmente não consegui, ainda. Rsrsrsrs

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  Blumenau

Esqueci de constar que contém ironia e sarcasmo.

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

A Bia não é duplista latente, improvisa pra poder treinar jogo de rede remunerado. Já a Ingrid é duplista, mas o nível é mediano pra menos. Não dá liga, Bia já teve uma excelente parceria com a Vika, que também não é duplista, mas combinou bem o jogo. Vamos ver se com a Stef na Olimpíadas se dá pra chegar, mas elas não estão treinando juntas pra ganhar ritmo como Melo e Rafa estão fazendo. Portanto é duvidoso o sucesso delas. Torcendo sempre, sem fanatismo.

Paulo Mala
Paulo Mala
29 dias atrás

Olimpíadas chegando, tem que melhorar isso aí… terrível

Fernando Romero
Fernando Romero
29 dias atrás

Resta o mais importante, o jogo de simples. O histórico da alexandrova mostra performance sofrível no saibro, boa no hard e assustadora na grama: esse ano jogou o primeiro torneio nesse piso semana passada, o libema open, e só foi perder na semi para a Samsonova. Ano passado jogou 3 torneios na grama. O mesmo libema open sagrando-se campea, derrotando a kudermetova na final. Depois em Berlim perdeu na semi para a kvitova, mas eliminou a Graff e a Samsonova. E terminou em WB, eliminada na r16 pela Sabalenka. É mole?

Arajaribu
Arajaribu
28 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Abre o olho, Bia!!

Burigoto
Burigoto
28 dias atrás
Responder para  Arajaribu

Sim, abrir bem o olho e o equilibrio mental. Nada como um dia após o outro. Ficaremos aqui na poltrona acreditando que ela seja vitoriosa. Agressividade e postura de vencedora. Q seja mais vibrante! Proativa !

Burigoto
Burigoto
28 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Amanhã sera outro dia! Vamos ver que Bia vai entrar em quadra. Eu anseio que seja a Bia assertiva em todos fundamentos, saque, inteligência nas escolhas das jogadas e o mental positivo. Na verdade a Bia vai jogar contra a Bia e seus fantasmas. Jogo para vencer ela já mostrou que tem.

Adalberto
Adalberto
28 dias atrás

Tá sem liga…
Valeu como treino remunerado, rrss…
VQV BIA!

Última edição 28 dias atrás by Adalberto
Burigoto
Burigoto
28 dias atrás

Bia & Ingrid. Mais uma vez ficou evidente a incostância para decidir pontos importantes na partida. Ingrid não esteve bem errando devoluções acima da media e na rede não foi bem. Bia foi um pouco melhor. Mas, cometeu duplas faltas em momentos importantes. Na minha leitura ainda precisa evoluir sua atitude e agressividade nos momentos decisivos. Jogo para isso ela tem, mas o mental ainda é um fantasma presente em sua postura na quadra. As chinesas foram mais regulares e souberam vencer.

Blumenau
Blumenau
28 dias atrás
Responder para  Burigoto

Ou seja, o saque da Bia continua horroroso. Precisa urgente botar na cabeça que precisa de um profissional exclusivo para mexer neste saque que está sem potência e sem direção. Provavelmente está fazendo o movimento e posicionamento errados, Será que este técnico escolar ainda não viu isto, ou é cego? Todo mundo está vendo isto, comentando, cobrando e nada acontece, parece que estão numa redoma isolados do mundo exterior, não leem os comentários ou se abstém da realidade, também, jogando bem ou mal eles estão faturando nas costas dela, então pra eles não importa. Troca de técnico, Bia, pelo amor de Deus.

André
André
28 dias atrás
Responder para  Burigoto

A grande realidade é que a Bia precisa jogar por ela e pela outra, o que acaba acarretando nesse bando de df (todas nos TBs). Acredito que a amizade pode ficar no extra quadra e ela precisa jogar com uma tenista que apresente um nível de jogo compatível ao nível do torneio. Vi as 2 entrevistas da Bia (ESPN e CNN) e adoraria ver esse treino que ela comentou estar sacando absurdos. Acho muito difícil disso acontecer olhando o jogo de hoje…

Jackson
Jackson
28 dias atrás

Olha o que escrevi ontem eu outro Post delas aqui no site…E hoje foi exatamente o que aconteceu…Ingrid displicente e Bia ladeira a baixo

Esse jogo das Brasileiras é derrota na certa infelizmente…
BIA = Tá em má fase colocando culpa no mental…Não consigo entender tênis é Mental e Fisico…E jogadora coloca culpa no Mental nas suas derrotas estranho né…Era obrigação estar em dia com o Mental né…Ingrid = Vai muito displicente pra bola, consequentemente comete erros bobos…As vezes o ponto tá ganho…Mas por ela ir pra bola com displicência acaba perdendo o ponto…Em relação a Stefani tem que trocar de parceira urgente…Schuurs já deu o que tinha que dar no tênis…O último jogo que ela fez parceira com a Pegula…Foi bizarro os erros que ela cometeu…Até a Pegula as vezes não acreditava nos erros

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE