PLACAR

Azarenka estreia bem, Sakkari conhece rival

Foto: Guadalajara Open AKRON

Guadalajara (México) – Apesar de todas as dificuldades que as jogadoras têm enfrentado para jogar o WTA 1000 de Guadalajara, especialmente nos primeiros dias de torneio, Victoria Azarenka estreou com vitória bastante tranquila. A ex-número 1 do mundo dominou a partida contra a jovem norte-americana Robin Montgomery, canhota de 19 anos e 121ª do ranking, marcando um duplo 6/1 em 1h09 de disputa

Azarenka precisou de apenas sete winners, contra só um da rival. Montgomery não se ambientou bem às condições do torneio, jogado na altitude e com bolas mais pesadas, e cometeu 33 erros contra apenas 13. Além disso, a bielorrussa conseguiu cinco quebras e escapou dos três break-points que enfrentou.

“Muito feliz por estar aqui. Tenho ótimas lembranças de jogar em Guadalajara e em outros torneios aqui no México. O público é sempre muito apaixonado”, disse Azarenka, cabeça 10 do torneio, durante a entrevista em quadra. Atual 23ª do ranking aos 34 anos, ela enfrenta a ucraniana Dayana Yastremska, 102ª colocada. O histórico entre elas está empatado por 1 a 1.

Ainda nesta segunda-feira, a australiana Storm Hunter, 157ª do ranking, venceu a bielorrussa Iryna Shymanovich por 6/3 e 6/4. Hunter desafia a grega Maria Sakkari, segunda cabeça de chave e número 9 do mundo. Sakkari foi finalista do torneio no ano passado.

Já a russa Ekaterina Alexandrova, oitava favorita e número 20 do mundo enfrenta a polonesa Magdalena Frech, que venceu a colombiana Camila Osorio por 6/1 e 6/2. Uma cabeça de chave que foi eliminada na estreia é a egípcia Mayar Sherif, 14ª favorita. Ela perdeu para a italiana Camila Giorgi por 7/5 e 6/3. Giorgi é a próxima rival da espanhola Cristina Bucsa.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE