PLACAR

Árbitro esloveno é suspenso por 10 anos e seis meses

Londres (Inglaterra) – A Agência Internacional para a Integridade do Tênis (ITIA) anunciou nesta quinta-feira que o árbitro de tênis esloveno Marko Ducman foi suspenso do esporte por 10 anos e seis meses após admitir violações do Programa Anticorrupção do Tênis.

Juiz nível bronze, Ducman admitiu quatro violações, incluindo apostas em jogos de tênis e manipulação de dados de jogos em que era o árbitro para facilitar as apostas. Ele atuou em torneios ITF, ATP e WTA, cooperando totalmente com a investigação da ITIA

O árbitro esloveno aceitou uma punição acordada, renunciando ao seu direito a uma audiência perante um juiz anticorrupção independente. Ducman também foi multado em US$ 75.000, com US$ 56.250 suspensos. Sua punição terminará em 7 de março de 2034.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE