PLACAR

Após suspensão de 18 meses, Brooksby dá sua versão

Jenson Brooksby (Foto: Will LeFevre)

Sacramento (EUA) – Suspenso por 18 meses após perder três testes antidoping em um período de 12 meses, o norte-americano Jenson Brooksby usou as redes sociais para se explicar. Ele admitiu ter perdido o primeiro e o terceiro, mas contestou a validade do segundo teste que foi considerado perdido.

“Nunca tomei uma substância proibida em minha vida e fui aberto e honesto com a ITIA durante todo o meu caso. Aceitei que dois dos meus testes perdidos foram minha culpa, mas continuo afirmando que meu teste perdido em 4 de junho de 2022 deveria ser anulado”, escreveu Brooksby no Instagram.

Brooksby alegou que perdeu o teste porque seu telefone celular estava no modo silencioso e o quarto de hotel em que estava hospedado estava no nome de seu fisioterapeuta e por isso o oficial que apareceu no hotel não ligou para lá.

“Naquela data, fiquei em meu quarto de hotel durante toda a janela de teste de 1 hora. O quarto de hotel reservado para a primeira parte da minha estadia estava no nome do meu fisioterapeuta (que estava hospedado comigo), porque só me deram um quarto depois de 4 de junho”, explicou.

“Por alguma razão, o hotel disse ao oficial de controle antidoping que eu ainda não havia feito o check-in. O oficial de controle antidoping nunca pediu ao hotel para ligar para o meu quarto, então eu não sabia que ele estava lá para me testar”, acrescentou o norte-americano.

Para ele, tudo teria sido resolvido se tivessem ligado no quarto. “O oficial de controle só ligou para meu celular (que estava no modo silencioso) nos últimos 4 minutos da janela de teste. Se ele tivesse ligado para o meu quarto pelo menos uma vez, com certeza teria sido testado, porque estava acordado e não tinha nada a esconder”, finalizou.

O tenista de 22 anos da Califórnia, que alcançou o 33º lugar no ranking em 2022, mas atualmente é apenas o 301º do mundo, será elegível para retornar às competições em janeiro de 2025. Ele planeja apelar da suspensão e promete continuar lutando.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE