PLACAR

Alcaraz: “Precisei ser forte mentalmente e encontrar soluções”

Foto: Simon Bruty/AELTC

Londres (Inglaterra) – A busca de Carlos Alcaraz pelo bicampeonato em Wimbledon teve mais um capítulo nesta terça-feira, com a vitória em quatro sets contra o norte-americano Tommy Paul pelas quartas de final. Após a classificação para mais uma semifinal de Grand Slam em sua carreira, o espanhol destacou o poder de reação, especialmente depois de ter perdido o primeiro set.

“Hoje foi um jogo muito difícil para mim. Ele vinha jogando um ótimo tênis na grama, ganhou o ATP de Queen’s e venceu grandes jogadores aqui em Wimbledon”, disse Alcaraz, após a vitória por 5/7, 6/4, 6/2 e 6/2 sobre Tommy Paul. Foi a terceira vez que ele venceu o norte-americano em cinco confrontos.

“Nos dois primeiros sets, era como se eu estivesse jogando no saibro: longos ralis, com mais de 10 ou 15 trocas de bola a cada ponto. Tive que ficar forte mentalmente quando perdi o primeiro set. Foi difícil para mim, mas sabia que seria um jogo longo, então tive que manter o foco”, acrescentou o número 3 do mundo.

Espanhol tem conseguido muitas viradas

Alcaraz tem se notabilizado por grandes recuperações em suas partidas, como aconteceu na semifinal e na final de Roland Garros contra Jannik Sinner e Alexander Zverev. Já em Wimbledon, venceu um duelo de cinco sets contra Frances Tiafoe na terceira rodada. Ele também retomou rápido o domínio da partida contra Ugo Humbert nas oitavas, em mesmo depois de perdido o terceiro set por 6/1.

“Se estou com um pouco de dificuldade e o adversário estiver jogando um ótimo tênis, procuro encontrar as soluções. Eu sempre acredito que no final poderei voltar e encontrar soluções, o bom ritmo. O jogo de hoje é um exemplo. Mesmo aqui nos Grand Slams, onde as partidas são mais longas, tenho mais tempo para voltar, então acredito em mim o tempo todo”, explicou o jovem jogador de 21 anos.

Reencontro com Medvedev na semifinal

O adversário de Alcaraz na semifinal da próxima sexta-feira será o russo Daniil Medvedev, número 5 do mundo, que derrotou o líder do ranking Jannik Sinner em cinco sets. O espanhol leva vantagem no histórico de confrontos, com quatro vitórias e duas derrotas contra Medvedev.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Ele é um ótimo jogador. É a mesma semifinal do ano passado e espero conseguir o mesmo resultado”, comenta o atual campeão. “Ele acabou de vencer o Jannik, que é o melhor jogador do momento, então sei que ele estará em muito boa forma. Tenho que dar o meu melhor e acreditar em mim mesmo se quiser vencê-lo. Vai ser difícil, mas vou gostar de jogar contra ele”.

Vitória da Espanha também no futebol

O dia foi ainda melhor para o esporte espanhol após a vitória da seleção de futebol do país, na semifinal da Euro contra a França. A Espanha venceu por 2 a 1 e garantiu vaga na final de domingo, contra Holanda ou Inglaterra, em busca do quarto título da competição.

“Honestamente, no início do jogo não estava pensando nisso. Mas quando eu já estava dominando o jogo, como no 5/1 do último set, eu pensei (sorrindo). Depois de fechar a partida, fiz tudo com pressa só para ter tempo de ver um pouco de Espanha”, comentou o tenista. “Tenho um relacionamento muito bom com alguns jogadores do time. Em particular, Álvaro Morata. Ele é um grande amigo. A Euro acontece a cada quatro anos, então agora é hora de apoiá-los, pois sei que eles me apoiam quando estou jogando os torneios. É a minha vez”.

Subscribe
Notificar
guest
9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Vagner Paiva
Vagner Paiva
6 dias atrás

BâmoOXXX!!!!!

Vaguinho B.W.
Vaguinho B.W.
6 dias atrás

Boa sorte!

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
6 dias atrás

Incrível para um cara de apenas 21 anos . Não vi ninguém do Big 3 ( até mesmo Roger Federer) , com tamanha lucidez nessa altura. O problema é que o Russo adora esticar os jogos , e do outro lado não vejo alguém na Grama que possa fazer o mesmo com o ” goat ” . Abs !

Gusmão
Gusmão
5 dias atrás

Força Djokovik

Última edição 5 dias atrás by Gusmão
Fernando Venezian
Fernando Venezian
5 dias atrás

A versatilidade desse moleque é assustadora! Falar que o mental foi fundamental é chover no molhado! O fato é que ele envolveu o americano numa teia de aranha e o mesmo não soube mais o que fazer

Batinga
Batinga
5 dias atrás

Esse rapaz vai longe no tênis. Vai dominar o circuito junto com sinner

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
5 dias atrás

vencerá Wimbledon com ainda mais facilidade que no ano passado

Gilmar
Gilmar
5 dias atrás

Todas as esperanças do mundo recaem sobre os ombros desse homem…

Marcelo Reis
Marcelo Reis
5 dias atrás

Alcaraz nasceu com o c* para a lua. Tem aptidão para o esporte, tem um ótimo físico (que terá que dosar, porque já anda se machucando), ótima equipe, tem mentalidade de campeão etc. Vamos ver quanto tempo ele consegue se manter em alto nível.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE