PLACAR

A disputa ferrenha pelo “passe” de João Fonseca

O editor José Nilton Dalcim conta no Podcast de TenisBrasil desta segunda-feira o que acontece nos bastidores depois da grande arrancada de João Fonseca durante o Rio Open. Todas as grandes agências de marketing do mundo fazem ofertas, algumas excepcionais para um tenista de 17 anos, mas o time do carioca, encabeçado pelo pai Cristiano, recusou tudo até agora.

Fonseca também já tem convites mais ousados garantidos, como os qualis de Indian Wells e Madri, além de já ter recebido para a chave principal do Estoril. O próximo da lista é Miami, que pertence à IMG, empresa que foi dona do Rio Open até o ano passado.

Dalcim também conta o que aconteceu com a premiação de US$ 62 mil que Fonseca tem direito por suas campanhas no Rio e aposta que a meta de ir ao universitário americano está enterrada.

Escolha seu agregador de podcasts e ouça agora:

          

25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
1 mês atrás

O muleque é bom

Carlos Alberto
Carlos Alberto
1 mês atrás

Não quero me iludir , mas Fonseca tem uma machadada de direita que , ” lembra ” muito a direita poderosíssima do Del Potro.

Isto é Aracaju
1 mês atrás

Parabéns, tão jovem e talentoso, tem um futuro de sucesso pela frente. Há muito caminho ainda a percorrer.

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás

Acho que deveria voltar a pensar no universitário no fim do ano após um balanço da temporada.
Não convém trocar o certo pelo duvidoso.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

acho que ele não vai fazer isso, no circuito universitário tem que ser amador, ele teria que devolver toda a grana do ano …

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Ele não pegou grana, ainda é amador. É o que conta Dalcim no Podcast. Repare que no ranking ATP ainda ele não tem data de “quando virou PRO”.

rafael luis
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Quais sao os jogadores americanos do universitario americano que se destacaram no profissional e viraram top 10?

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  rafael luis

Teve o Isner, talvez o Blake. Mas o foco não é aprimorar seu jogo de tenis, e sim se graduar numa universidade de renome.

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Tb, acho. Talvez investir no futebol, tentar o sub20 do Flamengo. Apoiaria tb.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Esse torneio e decisivo se vai para faculdade ou se vai ser profissional

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Ele tem chance de jogar o Finals sub20. Já tá no top 5!

luiz antonio pereira do nascimento
luiz antonio pereira do nascimento
1 mês atrás

E O Federer que tinha compromisso com o João

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

O João já é um “case” de sucesso. Não há nenhum garoto na idade dele, no mundo todo, com um ranking superior ao dele. O desafio é segurar a onda e não se desconcentrar com a avassaladora pressão e cobrança que, certamente, virão.

Luiz Doederlein
Luiz Doederlein
1 mês atrás

O guri é bom, mas ver um piá de 17 anos botar a língua de fora no meio do segundo set e se arrastar até a derrota é preocupante. Há um problema de preparo físico aí.

Tiago Bergemann
Tiago Bergemann
1 mês atrás
Responder para  Luiz Doederlein

O Fonseca tem apenas 17 anos, isso pesa, do que um cara com 20 anos por exemplo, o corpo muda, mas no Rio o clima exigiu muito dos atletas, vide o Norrie na semi, também sentiu e perdeu pro Navone. Então não vejo como falta de preparo, e sim de resistencia pelo tempo no cricuito.

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
1 mês atrás
Responder para  Luiz Doederlein

Mas agora ele enfrenta profissionais , não joga mais contra outros moleques, a pegada é diferente , vai levar uns torneios pra se ambientar , é normal.

João
João
1 mês atrás

Joga exatamente igual a todos os outros tenistas profissionais… pancadas dos dois lados, saque forte e preparo físico…. o tênis atual está mais chato do que nunca.

Rafael
Rafael
1 mês atrás
Responder para  João

Você queria que ele fizesse saque e voleio?

Roberto
Roberto
1 mês atrás
Responder para  Rafael

Realmente o jogo está diferente. Um ou outro que se destaca com saque e voleio .

Casagrande
Casagrande
1 mês atrás
Responder para  João

Olha, eu vejo de outra forma. Comecei vendo o Fonseca para torçer pra um Brazuca e no meio do jogo já tava curtindo as aniquiladas dele. Eu vojo o jogo no exterior e no star+ os narradores não são brasileiros. Estavam muitiiiiisimo empolgados com o João. Todo game tinha um “OH MY GOD”, “WOW”. E quando começou a perder a comentadora disse: É claramente uma questão física que está pesando agora. Todos eles reconhecendo e empolgadíssimos com o João. Parece aquele playback do Federer com o Sampras, hehehhehe. Onde todos começavam a impressionarse com o Roger por primeira vez.

Marcelo Costa
Marcelo Costa
1 mês atrás
Responder para  João

Eu vi alguns jogos antigos, a lentidão me assustou, você parecia ver em câmera lenta sabe.
As quadras mais lentas, não permitem que exímios sacadores vençam, como o polonês Hurcakz, vide que sinner, Alcaraz não tem saque como principal arma.
Hoje é preciso muito mais técnica pra jogar em tanta velocidade, força e efeito, então o problema não é o tênis jogado hoje, e sim você que parou no tempo.

Wanderlei
Wanderlei
1 mês atrás

Acredito que o tênis universitario iria atrasar a carreira do garoto…

Carlos Eduardo Bernardino
Carlos Eduardo Bernardino
1 mês atrás

Nossa um tenista de talento como João Fonseca, o que ele vai ganhar como profissional de tênis, nunca ganhará o mesmo em dinheiro trabalhando, a não ser que seja um empresário de sucesso, mas é claro não vamos ignorar, conhecimento é importante, mas acho que fazer o que gosta associado a um bom retorno financeiro, sem comparações seria sim tentar algo e torcer para dar certo, sendo que o tênis já é uma certeza rsrsrsrs

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás

Dalcim , ele renunciou ao premio de forma definitiva ou tem um tempo para decidir?

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE