Notícias | Dia a dia
Após chuva e apagão, Rublev supera rodada dupla
05/08/2022 às 23h17

Rublev precisou atuar pelas oitavas e quartas de final de Washington nesta sexta-feira

Foto: Citi Open

Washington (EUA) - A sexta-feira foi movimentada para Andrey Rublev, que tinha a missão de disputar as oitavas e quartas de final do ATP 500 de Washington, torneio em que é o principal cabeça de chave e único top 10 inscrito. Horas depois de ter vencido sua partida contra o norte-americano Maxime Cressy, Rublev superou o também anfitrião J.J. Wolf, 99º do ranking, por 6/2 e 6/3 em 1h15 de partida.

E além dos dois jogos disputados, Rublev também teve que esperar muito. Pelo segundo dia consecutivo em Washington, houve uma longa interrupção da rodada por chuva. Já em quadra para a partida com Wolf, houve até uma queda de energia no estádio durante o segundo set, atrasando ainda mais a programação.

Vencedor de 11 títulos no circuito da ATP, Rublev já conquistou três torneios neste ano, em Dubai, Marselha e Belgrado. O russo de 24 anos chega a 35 vitórias na temporada e tenta alcançar sua 17ª final na carreira no circuito. Já o eliminado J.J. Wolf chegou a Washington com o melhor ranking da carreira, debutando no top 100, e eliminou dois grandes nomes, Denis Shapovalov e J.J. Wolf.

Embora tenha escapado de um 15-40 em seu primeiro game de serviço, Rublev não demorou para assumir o controle da partida. Ele criou break-points em três games distintos no set inicial, conseguiu duas quebras e chegou a vencer cinco games seguidos para abrir 5/1 no placar, fechando a parcial dois games mais tarde.

A pressão sobre o saque de Wolf continuou no segundo set e ele criou mais cinco break-points até quebrar de novo e fazer 3/1. O russo ainda escaparia de outro 15-40 para fazer 4/2, mas depois não mais teve o serviço ameaçado até o fim do jogo e confirmou a vitória em sets diretos. Rublev liderou a contagem de winners por 21 a 13 e cometeu apenas sete erros contra 16.

O adversário de Rublev na semifinal de Washington será o japonês Yoshihito Nishioka, 96º do ranking, que venceu uma batalha de 3h34 contra o britânico Daniel Evans, 40º colocado, por 7/6 (7-5), 4/6 e 7/5. O histórico de confrontos entre Rublev e Nishioka está empatado por 1 a 1. O canhoto japonês de 26 anos tem um título de ATP e busca a terceira final da carreira. Durante a semana em Washington, Nishioka também venceu Jenson Brooksby, Alex de Minaur e Karen Khachanov.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva