Notícias | Dia a dia
Destaque no Cosat, Davi Carlos joga quali de Recife
05/08/2022 às 15h53

Em Recife, Davi Carlos vai disputar primeiro torneio como profissional.

Foto: Luiz Candido / Luz Press

Recife (PE) – A etapa de Recife do Brasil Tennis Classic definiu o primeiro convidado para o qualifying, que começa a partir de 15 de agosto. O paulistano Davi Comarco Carlos, uma das principais promessas do tênis nacional, disputará pela 1ª vez um torneio profissional e desafiará grandes tenistas do continente na capital pernambucana. O evento é patrocinado pelo Santander e distribui US$ 15 mil em prêmios, além de pontos para o ranking da ATP.

Treinado por Carlos Albano na academia Mesq Tênis, Davi vem de excelentes resultados na gira Cosat – torneios juvenis chancelados pela Confederação Sul-americana de Tênis. Em julho, o tenista foi campeão em simples e duplas do Aberto do Paraguai, em Luque, e vice de simples do Mburucuyá Bowl, em Lambaré. Os resultados fizeram o paulistano alcançar o 11º lugar na categoria 16 anos.

Cheio de confiança, Davi quer desfrutar da primeira experiência no profissional e espera poder absorver o máximo de experiência em Recife. “Queria agradecer ao Instituto Sports pelo  convite, por dar chance a um tenista mais jovem de pontuar, de enfrentar jogadores mais experientes. Querendo ou não, é uma oportunidade de aprender muito, sentir o peso de bola. Só de conviver com esses caras já é um grande aprendizado”, exaltou o paulistano.

Faltando 10 dias para o início da etapa de Recife do Brasil Tennis Classic, Davi vem acelerando o ritmo dos treinamentos com Albano. O objetivo é chegar adaptado a um nível bem mais avançado do que está acostumado no mundo juvenil. “A ansiedade é grande, estou treinando bem e com a confiança lá em cima para desempenhar bem neste evento”.

Serviços
Ano III – Brasil Tennis Classic
Data: 15 a 21 de agosto
Sede: Recife Tennis Clube – Rua Gonçalves de Magalhães, 699 – Imbiribeira
Recife (PE)
Premiação: US$ 15.000
Entrada Gratuita

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva