Notícias | Dia a dia
Fritz explica desistência contra Evans e se desculpa
05/08/2022 às 12h06

Washington (EUA) - O norte-americano Taylor Fritz fez questão de usar as redes sociais para explicar e lamentar sua desistência no duelo com o britânico Daniel Evans quando perdia por 3/6, 7/6 (8-6) e 4/1 após 2h15 de partida, pelas oitavas de final do ATP 500 de Washington. A temperatura na capital dos EUA foi de 36ºC e uma das partidas da chave feminina precisou ser interrompida por dez minutos entre o segundo e o terceiro set para a aplicação da regra do calor extremo

“Antes de mais nada, quero dizer que estou bem, mas me sinto envergonhado de não conseguir terminar minha partida. Nunca tinha desistido de um jogo na minha vida, mas depois do episódio em Toronto, no ano passado, em que me forcei a ir até o fim e quase desmaiei, decidi que não continuaria se sentisse sintomas parecidos. Hoje aconteceu de novo, eu constantemente senti que ia desmaiar, minha visão estava ficando embaçada”, explicou Fritz.

“Muitos não sabem isto, mas depois de Wimbledon cheguei a ficar com o pé imobilizado. Mesmo que tenha feito muito condicionamento físico, não há nenhuma quantidade de bicicleta ou treinamento na academia que te prepare para um confronto longo nestas condições. Só comecei a treinar novamente dentro de quadra no último sábado, então jogar em Washington foi muito ambicioso”, complementou o norte-americano.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva