Notícias | Dia a dia
Sabalenka tem altos e baixos, mas escapa da derrota
04/08/2022 às 21h48

Sabalenka terminou a partida com 23 duplas faltas e 50 erros não-forçados

Foto: Mubadala Silicon Valley Classic

San Jose (EUA) - Quarta cabeça de chave do WTA 500 de San Jose, Aryna Sabalenka teve bastante trabalho para superar a rodada de estreia no torneio. A número 6 do mundo ficou a um game da eliminação diante da lucky-loser norte-americana Caroline Dolehide, 168ª do ranking, e que sacou para o jogo no terceiro set, mas sobreviveu ao marcar as parciais de 5/7, 6/1 e 7/5 em 2h36 de partida.

Mais agressiva em quadra, Sabalenka liderou a estatística de winners por 35 a 20, mas também cometeu o dobro de erros que sua adversária, 50 contra apenas 25 de Dolehide. A bielorrussa voltou a ter instabilidade com o saque, com 5 aces, 23 duplas faltas e enfrentando 14 break-points. Ela permitiu cinco quebras de serviço, mas conseguiu quebrar sete vezes.

"Ela jogou muito bem, especialmente nos games de serviço. Era muito difícil devolver o saque dela, porque tem um quique muito alto. Provavelmente eu não sou a melhor jogadora do top 10 nesse momento da temporada, mas sempre lutei muito, e é por isso que estou aqui", avaliou Sabalenka após a partida. Ela ainda não conquistou títulos na temporada, tendo como melhor resultado no ano a final de Stuttgart.



Já garantida nas quartas, Sabalenka agora se prepara para enfrentar Daria Kasatkina, número 12 do mundo, contra quem tem três vitórias e apenas uma derrota. "Eu preciso sacar bem, como fiz no segundo e no terceiro set, e estar pronta para os ralis longos e bolas mais altas. Tenho que me preparar para correr muito e lutar por todas as bolas que eu puder".

Rogers impõe dura derrota a Sakkari

A norte-americana Shelby Rogers, 45ª do ranking, conseguiu uma expressiva vitória diante de Maria Sakkari, principal cabeça de chave do torneio e número 5 do mundo. Ela marcou as parciais de 6/1 e 6/3 contra a grega em apenas 1h12 de partida.

Sakkari teve muitas dificuldades em seu serviço, com apenas 45% de primeiro saque na quadra. Com isso, enfrentou 10 break-points e permitiu seis quebras, além de não aproveitar nenhuma de suas três oportunidades de quebra. Rogers fez um winner a mais, 16 a 5, e cometeu apenas 8 erros contra 27 da grega. Sua próxima rival é Amanda Anisimova.

Kudermetova será a próxima rival de Jabeur
Quem também avançou na competição foi a russa Veronika Kudermetova, 19ª do ranking, que passou pela norte-americana Claire Liu, 79ª colocada e algoz da brasileira Beatriz Haddad Maia, com parciais de 6/2 e 7/5. Kudermetova é a próxima rival da tunisiana Ons Jabeur, número 5 do ranking e terceira favorita em San Jose.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva