Notícias | Beach Tennis
Beach: principais favoritos estreiam bem no Macena
05/08/2022 às 11h50

Dupla de Agatha Wanderley (rosa) e Brenda Brissac.

Foto: Celio Jr.

* Matéria atualizada
Marechal Deodoro (AL) -
A quinta-feira começou com sol em Marechal Deodoro e quadras lotadas na largada da chave principal do Macena Open. Entre os primeiros resultados, a dupla brasileira formada por Vitória Marchezini e Marcela Vita passou por Camila Barros e Amanda Helminsky por 6/2 6/1 e enfrentam nas oitavas de final Elaine Branco e Nicoli Casagrande.

A paulista radicada em Maceió Agatha Wanderley, filha da medalha de bronze no vôlei em 1996, Ida, foi eliminada ao lado de Brenda Brissac por 6/3 6/2 pelas italianas Veronica Visani e Giulia Trippa.

"Nos sentimos superbem nesse paraíso de Marechal Deodoro. Ontem chuva, hoje sol, calor, graças a Deus", disse Marcela. "Foi um bom primeiro jogo, as meninas jogaram bem, demoramos um pouquinho para entrar no ritmo, mas depois deu tudo certo", completou Vitória, de 16 anos.

No masculino, os principais favoritos, o italiano Mattia Spoto e o francês Nicolas Gianotti passaram por Mateus Belo e Felipe Poffo por 6/1 6/2 e encaram o gaúcho Fabrício Neis e o paranaense Miguel Peres. 

Outros favoritos também confirmaram nesta quinta-feira no primeiro dia da chave principal do torneio profissional de Duplas Masculina e Feminina.

Entre os homens, o número 1 do mundo o espanhol Antomi Ramos e o italiano Diego Bollettinari sofreram, mas viraram os dois sets para derrotarem a dupla do venezuelano Ramon Guedez e do capixaba Álvaro Campanharo por 7/5 7/6 (7/4) após 1h30.

"Depois de um mês juntos conversamos muito como jogar bem, conversar durante o jogo. Vamos ver nesse último torneio se continuaremos leves, tranquilos e com confiança", disse Bollettinari. Ramos confessou que esteve um pouco abaixo. "Concordo que fui um pouco pior hoje, mas sentei com o Diego e estamos estudando bem o beach tennis. Teoricamente, estamos bem e agora é na prática", disse Ramos. A dupla enfrenta a seguir parceria dos brasileiros Thiago Maranhão e Ricardo dos Santos.

Número 1 do Brasil e sexto do mundo, o catarinense André Baran e o italiano Tomaso Giovaninni, cabeças de chave 2, derrotaram por 6/1 6/0 os brasileiros Daniel Canellas e Felipe Valim e encaram os irmãos cariocas João Lauro e Diogo Carneiro que passaram por Victor Gonzaga e Felipe Roman por 3/6 6/3 10/6. "Foi engraçado porque hoje fez sol e calor ao longo do dia e pouco antes de entrar na quadra a chuva e o vento vieram, parece que lá do céu falaram, 'venha, chuva e vento para você Tomaso'", disse o bem-humorado italiano. "Mas não foi tão ruim, jogamos bem e ficamos focados para vencer". Baran completou: "Sabíamos que seria um jogo duro, entramos muito atentos, eles são muito bons jogadores, o placar não condiz com o que foi o jogo.”

No feminino, as italianas Sofia Cimatti e Nicole Nobile, cabeças de chave 1, venceram a 11ª seguida e seguem em busca do terceiro título consecutivo. Elas passaram pelas brasileiras Sofia Cimatti e Nicole Nobile por 6/1 6/0 contra Marcella Guerra e Ariana Marchezi e medem forças contra Debora Amaro e Barbara Muiz.

A dupla da brasileira Rafaella Miiller, ex-número 1 do mundo e atual quarta colocada, e a venezuelana Patrícia Diaz, sexta, passou com um duplo 6/0 sobre Maria Nakamura e Miryan Stochiero e encaram Giulia Rocha e Gabriela Sato.

Entre os jogadores da casa, os vencedores do pré-quali Eurico Cahu e Gabriel Padilha marcaram duplo 6/0 sobre o jogador de Aruba, Louis Posner, e o chileno Victor Velazquez. Na sequência, encaram Gustavo Russo e Gabriel Santos, cabeças 8, nesta sexta-feira. "Não enfrentamos das duplas mais fortes, mas mesmo assim entramos focados e fizemos uma boa estreia. Agora é usar a torcida na quadra central para seguir avançando. Vamos transformar aqui em uma Bombonera", comparou Eurico, natural de Maceió.

Outros dois alagoanos se despediram no masculino. O vice-campeão mundial juvenil pelo Brasil, Pedro Consiglio, e o parceiro gaúcho Natã Porte, perderam por 6/2 7/6 (7/3) diante dos atuais campeões do Macena Open realizado na Pajuçara, em Maceió, ano passado, os paulistas Leonardo Branco e Daniel Mola. A dupla encara a seguir a principal parceria do Brasil formada por Allan Oliveira, 9º do mundo, e Thales Santos, 10º. Paulo Consiglio se despediu ao lado de Erick Pavesi.

A sexta-feira tem jogos das oitavas e quartas de final, com os semifinalistas sendo definidos de noite. As semifinais e finais de dupla masculina e feminina serão no sábado, com transmissão do Sportv. O restante do evento tem transmissão do canal Play BT no youtube.

Comentários