Notícias | Dia a dia
Kasatkina e Anisimova são as primeiras nas quartas
03/08/2022 às 18h44

Anisimova conseguiu vencer Pliskova pela primeira vez após quatro derrotas no circuito

Foto: Mubadala Silicon Valley Classic

San Jose (EUA) - As primeiras vagas nas quartas de final do WTA 500 de San Jose são da norte-americana Amanda Anisimova e da russa Daria Kasatkina, que venceram seus jogos na abertura da rodada desta quarta-feira no torneio preparatório para o US Open. Enquanto Anisimova saiu atrás no placar e buscou uma virada, Kasatkina manteve o embalo após a grande estreia e venceu com tranquilidade.

Anisimova, de 20 anos e atual 22ª do ranking, superou a tcheca Karolina Pliskova, 15ª do mundo, com parciais de 3/6, 7/5 e 6/1 em 1h37 de partida. Esta foi a primeira vez que a norte-americana conseguiu vencer Pliskova no circuito, depois de quatro derrotas em duelos anteriores. Os encontros mais recentes haviam acontecido no ano passado, em Montréal e também no US Open.

A adversária de Anisimova nas quartas virá do jogo entre a grega Maria Sakkari, principal cabeça de chave do torneio e número 3 do mundo, e a norte-americana Shelby Rogers, 45ª do ranking. Em ambos os casos, a jovem jogadora da casa terá que reverter históricos negativos. Tanto Sakkari quanto Rogers têm 2 a 0 no retrospecto contra ela.

Já a número 12 do mundo Daria Kasatkina, que havia vencido a campeã de Wimbledon Elena Rybakina na estreia, precisou de apenas 1h04 para marcar as parciais de 6/4 e 6/0 contra a norte-americana Taylor Townsend. A russa agora espera pela vencedora entre a cabeça 4 Aryna Sabalenka e a anfitriã Caroline Dolehide, que entrou na chave como lucky-loser.

"É sempre difícil jogar contra uma tenista da casa, eu também conheço essa sensação. Foi muito importante fechar aquele primeiro set, que foi muito duro. E no segundo set, conseguir a primeira quebra confiança logo cedo me deu muita confiança", disse Kasatkina, que fez 9 winners contra 12 de sua adversária, mas cometeu apenas 11 erros diante de 20 da norte-americana. A russa só perdeu oito pontos em todo o segundo set e conquistou cinco quebras na partida. Finalista do torneio no ano passado, ela deixou o recado na entrevista em quadra. "Eu não viria para um torneio se não fosse para vencer".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva