Notícias | Dia a dia
Após ser mãe, Townsend se vê em sua melhor forma
03/08/2022 às 15h28

San Jose (EUA) - Com 26 anos completados há três meses, a norte-americana Taylor Townsend fez uma pausa no circuito para, em abril de 2021, dar à luz ao pequeno Adyn, seu primeiro filho. Dois anos e meio depois de vencer pela última vez em nível WTA, ela voltou a triunfar, batendo a australiana Storm Sanders pela primeira rodada do WTA 500 de San Jose, após furar o quali.

Entusiasmada com o resultado, ela falou sobre sua jornada nos últimos anos. “Eu me propus a voltar quando estivesse pronta para vencer, mas não imaginava que ganharia tão rápido. Antes da estreia, estava muito nervosa, porque não competia há muito tempo, mas com aquela adrenalina positiva. Uma vez que você está na quadra, tudo se torna mais emocionante”, contou Townsend.

+ Taylor Townsend vence seu 1º torneio após ser mãe

“Acho que joguei bem, é sempre bom passar pelo quali para depois chegar melhor à primeira rodada. Essa experiência lhe dá a oportunidade de resolver alguns problemas. Eu não jogava uma partida de simples há seis semanas, fazia um tempo, por isso estou feliz”, acrescentou a norte-americana, que em 2022 só havia disputado torneios menores, o último deles em maio.

Townsend se vê agora com um tênis mais maduro e mais inteligente taticamente. “Sou mais consciente do que está acontecendo em quadra, uso mais estratégia. Toda essa jornada foi um desafio muito divertido, mas tive que mudar a maneira como encarar o jogo, agora expandi minha perspectiva, posso fazer mais coisas e melhor. Mudei meu saque, minha técnica e até minha raquete”, revelou a americana.

Feliz com sua condição física, ela conta que não foi fácil alcançar esse patamar. “Nunca tive dúvidas sobre meu compromisso, mas queria me ver 100% envolvida novamente. Tive que me tornar egoísta novamente, o que é complicado. O mais difícil é manter esse compromisso consigo mesma, entender que isso é uma jornada, que não acontecerá da noite para o dia”, explicou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva