Notícias | Dia a dia
Rogers elimina Andreescu e reencontra Sakkari
02/08/2022 às 21h13

Rogers venceu os dois duelos anteriores contra Sakkari no circuito

Foto: Mubadala Silicon Valley Classic

San Jose (EUA) - A experiente norte-americana Shelby Rogers estreou com vitória no WTA 500 de San Jose. A jogadora de 29 anos e atual 45ª do ranking superou nesta terça-feira a canadense Bianca Andreescu, marcando as parciais de 6/4 e 6/2 em 1h31 de partida. Foi a segunda vitória de Rogers sobre a canadense, repetindo o resultado do ano passado em Chicago.

"Acho que eu saquei muito bem hoje e coloquei muitas devoluções em quadra. Os dois primeiros golpes de cada ponto são muito importantes porque ela é capaz de fazer winners de qualquer lugar da quadra, e se movimenta muito bem", avaliou Rogers, que fez 23 winners contra 10 de Andreescu e cometeu 25 erros, dois a menos que a rival. A norte-americana conseguiu três quebras e não perdeu games de saque.

Rogers enfrenta na segunda rodada a grega Maria Sakkari, principal cabeça de chave do torneio e número 3 do mundo. O histórico de confrontos é melhor para a norte-americana, que venceu os dois duelos anteriores, o primeiro em Wimbledon no ano passado e o segundo na atual temporada em Adelaide. "Não tem jogo fácil aqui, ela está muito confiante. Posso ter vencido os jogos anteriores, mas foram duas batalhas, sempre no detalhe. Tenho certeza que vamos deixar tudo em quadra".

Já Andreescu amargou uma eliminação na estreia pela primeira vez no ano. A canadense chegou a ficar sete meses afastada do circuito, para cuidar da saúde mental, e só iniciou a temporada em abril, no WTA 500 de Stuttgart. A jovem de 22 anos e ex-número 4 do ranking aparece atualmente no 54º lugar e disputou uma final em junho, na grama de Bad Homburg.

A canadense disse que tem sentido dores na região lombar nos últimos dias, mas se sentiu bem antes da partida: "Eu estava esperando por um milagre". A dor piorou no 3/2 do primeiro set, e ela precisou de atendimento médico em quadra. Andreescu vai fazer uma ressonância para avaliar a gravidade da lesão.

Outras duas norte-americanas estão no caminho de favoritas. Uma delas é a jovem de 21 anos Elizabeth Mandlik, 240ª do ranking e filha da ex-top 3 Hana Mandlikova. Vinda do quali, Mandlik passou por Alison Riske com duplo 6/3 e agora desafia a espanhola Paula Badosa, cabeça 2 do evento e número 4 do mundo.

Já a lucky-loser Caroline Dolehide, de 23 anos e 168ª colocada, venceu um duelo caseiro contra Kayla Day por 7/6 (7-5) e 6/4. Dolehide é a próxima rival de Aryna Sabalenka, quarta cabeça de chave e sexta do ranking.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva