Notícias | Dia a dia
Pliskova encerra série negativa, Keys desafia Jabeur
01/08/2022 às 22h08

Pliskova vinha de duas derrotas seguidas para Boulter na grama

Foto: Divulgação

San Jose (EUA) - O terceiro duelo entre Karolina Pliskova e Katie Boulter na temporada terminou pela primeira vez com vitória da tcheca. Depois de dois triunfos seguidos de Boulter nas quadras de grama em Eastbourne e Wimbledon, Pliskova enfim conseguiu vencer a rival para avançar no WTA 500 de San Jose. A ex-número 1 começou atrás no placar, mas virou com parciais de 1/6, 7/6 (7-5) e 6/3

"Ano passado era sempre a Pegula, e agora era a Katie. Havia perdido duas vezes para ela foram jogos duros em que tive minhas chances. Acho que ela fez um bom primeiro set, batendo forte na bola e sem me dar muito ritmo, mas eu melhorei muito no saque ao longo da partida e fico muito feliz por ter vencido", disse Pliskova, que terminou o jogo com 8 aces e 16 duplas faltas. A partida teve 14 quebras, 8 a 6 para a britânica, e um total de 22 break-points.

"O lado bom é que eu sabia o que fiz de errado naquelas partidas e foquei em melhorar o saque e a devolução. É claro que ela é uma jogadora que também tem muitas armas, principalmente o saque, então às vezes o jogo não depende só de mim, mas também do que ela faz em quadra", acrescentou a tcheca, que fez menos winners no jogo, 16 contra 27 de Boulter. A britânica cometeu um erro a mais, 40 a 39.

Oitava cabeça de chave e número 15 do mundo, Pliskova enfrenta nas oitavas a 22ª colocada Amanda Anisimova, que venceu um duelo norte-americano contra a jovem de 18 anos Ashlyn Krueger por 6/2 e 7/6 (7-5). A tcheca levou a melhor nos quatro duelos anteriores contra Anisimova no circuito profissional.

Keys confirma duelo com Jabeur, Townsend vence 1ª como mãe
Campeã da edição de 2017, quando o torneio ainda acontecia na Universidade de Stanford, Madison Keys derrotou a chinesa Shuai Zhang por 6/4 e 6/2. A ex-top 10 e atual 27ª do ranking encara a tunisiana Ons Jabeur, número 5 do mundo. Jabeur venceu o único duelo anterior, disputado em Nova York há dois anos.

Já a também anfitriã Taylor Townsend comemorou sua primeira vitória na WTA desde que se tornou mãe. A canhota de 26 anos venceu a australiana Storm Sanders por 6/1 e 6/4. Ela pode enfrentar Daria Kasatkina ou a campeã de Wimbledon Elena Rybakina. Townsend havia anunciado a gravidez em outubro de 2020 e seu filho, Adyn, nasceu em março do ano passado. A atual 316ª do mundo voltou ao circuito jogando torneios menores e chegou a vencer um ITF em maio.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva