Notícias | Dia a dia
De volta ao Brasil, Bia define seus novos objetivos
06/07/2022 às 19h25

São Paulo (SP) - De volta ao Brasil depois de conquistar dois WTA 250 nas quadras de grama Nottingham e Birmingham e da escalada no ranking, Beatriz Haddad Maia recebeu a imprensa nesta quarta-feira em São Paulo, no Centro de Treinamento Rede Tênis Brasil, e falou sobre os objetivos para a sequência na temporada. Ela terá um tempo de descanso e treinos no Brasil antes de retornar ao circuito.

"Quando a gente começou o trabalho em abril, eu e o Rafa [Paciaroni, seu treinador] traçamos o objetivo de ser 50 do mundo e atingimos. Depois fomos subindo para 40 e 30. Agora temos a meta de ficar entre as 25 do mundo até o fim do ano e vamos trabalhar duro para faz isso acontecer", disse Bia aos jornalistas.

"Acho que posso melhorar todos os meus golpes. Mas o principal é me manter saudável. A gente fala muito de resultado, mas acho que os resultados só estão acontecendo porque estou conseguindo ficar em forma. É muito difícil ficar literalmente um ano competindo. muita gente se machuca", falou a número 1 do Brasil, que deve figurar entre as 25 melhores do mundo a partir da próxima semana.

"Os jogos agora são mais duros e os torneios também. Meu objetivo será jogar em alto nível nos torneios maiores, e não só nos menores. Tenho os pés no chão e muita clareza de que preciso trabalhar muito. Mas antes, tenho que me focar no primeiro jogo do meu próximo torneio", complementou a paulista de 26 anos.

Os próximos torneios de Bia serão o WTA 500 de San Jose, nos Estados Unidos, com início no dia 1º de agosto. Depois, Bia seguirá para o WTA 1000 de Toronto, no Canadá, e voltará para os Estados Unidos para o WTA 1000 de Cincinnati e o US Open.

Bia também falou das duplas. Figurando na oitava posição da corrida para a classificação para o WTA Finals com a cazaque Anna Danilina, ela brasileira continuará atuando na modalidade, mas com prioridade para simples. "Depois do Australian Open nós sabíamos da possibilidade do Finals e com certeza, enquanto tivermos chances, vamos tentar essa classificação. Mas quando não estivermos juntas, terei a oportunidade de jogar com outas meninas e aprender bastante com elas".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva