Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Nadal consegue virada heroica e terá Kyrgios na semi
06/07/2022 às 15h30

Nadal precisou lidar com lesão abdominal, que limitou seus movimentos no saque

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) - Mais uma vez, Rafael Nadal precisou de todo seu espírito de luta para vencer uma partida de tênis. O espanhol ficou em quadra por 4h20 e sofria com uma lesão abdominal, que limitava seu movimento de saque e preocupava sua família e equipe que acompanhavam o jogo de perto. Diante do norte-americano Taylor Fritz, também acometido por problemas físicos e sofrendo com um desconforto na coxa, Nadal venceu um duelo de cinco sets com parciais de 3/6, 7/5, 3/6, 7/5 e 7/6 (7-4).

Bicampeão de Wimbledon em 2008 e 2010 e vencedor de 22 títulos de Grand Slam, Nadal disputará sua 38ª semifinal de Slam na carreira. Na grama londrina, fará sua oitava semi. Também campeão do Australian Open e de Roland Garros na atual temporada, o veterano de 36 anos marcou sua 19ª vitória seguida em torneios do Grand Slam em 2022.

Ex-número 1 do mundo e atual quarto colocado, Nadal enfrenta na próxima sexta-feira o australiano Nick Kyrgios, 40º do ranking, que disputará sua primeira semifinal de Grand Slam aos 27 anos. O espanhol lidera o histórico de confrontos por 6 a 3, com uma recente vitória no Masters 1000 de Indian Wells deste ano. Em Wimbledon, eles já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado.

Superado nas quartas de final, Taylor Fritz fez o melhor resultado da carreira em um Grand Slam. Até então, o melhor resultado do norte-americano de 24 anos havia sido as oitavas de final do Australian Open deste ano. Em Wimbledon, nunca havia passado da terceira rodada. Mas na temporada, venceu seu primeiro Masters 1000 em Indian Wells, superando o próprio Nadal na final, e vinha de título na grama de Eastbourne.

Fritz fez cinco games seguidos no primeiro set
Nadal largou com quebra logo de cara e venceu os dois primeiros games da partida, só que depois de abrir 3/1 ele empacou no placar. Foi a vez de Fritz jogar melhor e anotar uma incrível arrancada. O norte-americano não apenas devolveu o break que tinha de desvantagem, mas também bateu o saque do espanhol uma vez mais para faturar cinco games em sequência e assim levar a primeira parcial.

Espanhol reagiu no 2º set, mas equipe pedia para abandonar
A resposta de Rafa não poderia ser melhor, com três games vencidos para abrir o segundo set. Só que o canhoto de Mallorca levou uma quebra de volta no quinto game, viu Fritz empatar em 3/3 e para piorar sentiu uma lesão abdominal no sétimo, quando encarou mais um break-point e mesmo com dor conseguiu confirmar.

Veio então um pedido de atendimento médico, uma saída de quadra e depois uma volta bastante reticente de Nadal, que até venceu seu próximo game de serviço, mas mostrando maior dificuldade com o saque, que estava bem abaixo do normal. Ainda assim, o espanhol seguiu lutando, evitou novas quebras e ainda pressionou Fritz uma vez mais para anotar novo break e empatar o jogo. Até mesmo Sebastian Nadal, pai do tenista, sinalizava para o filho que seria melhor abandonar a partida.

Fritz retomou a liderança no terceiro, já o 4º set teve altos e baixos
Embora tenha seguido em quadra e buscado a igualdade em sets, Nadal continuou abaixo com o saque e logo no começo da terceira parcial levou mais uma quebra. Ainda no decorrer da parcial, foi a vez de Fritz pedir um atendimento no joelho. O norte-americano administrou bem a vantagem obtida no começo e ainda anotou novo break para cima do rival no nono e último game para abrir 2 a 1.

O quarto set começou com uma sequência de três quebras de serviço, sendo duas a favor de Nadal. O espanhol ainda escapou de um break-point no quarto game para 3/1 no placar. Fritz só buscaria o empate no oitavo game, quando finalmente conseguiu devolver a quebra. Mas Nadal continuou lutando, pressionando muito nas devoluções, e voltaria a quebrar no penúltimo game da parcial.

Definição apenas no tiebreak do quinto set
Os sacadores iniciaram o quinto set com games rápidos e sem maiores riscos, ainda que Nadal sacasse bem bem mais fraco que o habitual. O espanhol conseguiu enfim a primeira quebra e liderou por 4/3 em um game muito longo, mas Fritz buscou o empate logo na sequência, contando com erros do adversário. E novamente, os dois jogadores voltaram a confirmar seus serviços de forma tranquila.

Nadal começou o tiebreak em grande estilo e abriu 5-0, sendo que em um dos pontos Fritz até chegou em uma curtinha, mas cometeu o erro com o forehand. A confortável vantagem construída ajudou o bicampeão na reta final do jogo, por mais que o rival norte-americano chegasse a diminuir a diferença para apenas dois pontos em dado momento. Nadal sustentou a liderança até o fim e assegurou seu lugar na semi. 

Comentários