Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Kyrgios supera início ruim e atinge 1ª semi de Slam
06/07/2022 às 13h39

Londres (Inglaterra) - O australiano Nick Kyrgios mostrou que as recentes acusações de violência doméstica de uma ex-namorada ainda não afetaram sua cabeça. Após início instável, ele confirmou o favoritismo e eliminou o chileno Cristian Garin em sets diretos, parciais de 6/4, 6/3 e 7/6 (7-5).

Depois de ter feito duas quartas de final de Grand Slam em 2014 e 2015, o australiano enfim atinge uma semi, o primeiro de seu país desde 2005. Lleyton Hewitt atingiu a penúltima rodada do US Open e de Wimbledon naquela temporada. Em janeiro, ele foi campeão de duplas do Australian Open.

Seu adversário de sexta-feira sai do duelo em andamento entre Rafael Nadal e Taylor Fritz. O australiano ganhou três de nove duelos diante do espanhol, incluindo o de sua estreia em Wimbledon em 2014, e nunca enfrentou o norte-americano.

Número 40 do ranking no momento, Kyrgios se torna assim o tenista de mais baixa classificação e o primeiro não cabeça a atingir a semi de Wimbledon desde Marat Safin e Rainer Schuttler, em 2008.

Com a ausência de Matteo Berrettini, ele passou a liderar o quadro de vitórias sobre a grama nesta temporada, agora com 12 em 14 possíveis. Ele possui ainda a expressiva marca de seis vitórias em jogos que foram a cinco sets no torneio sem jamais ter perdido, duas delas nesta campanha.

Saque ajudou muito
Kyrgios desta vez esteve longe de ser brilhante e jogou de forma muito mais calada e discreta do que o habitual. Foi quebrado logo no game inicial e chegou a estar atrás por 3/1, mas enfim começou a explorar os altos e baixos do serviço chileno com devoluções mais agressivas e virou com duas quebras.

Garin levava a melhor nas trocas mais longas da base e a profundidade de seus golpes raramente dava oportunidade para Kyrgios ir à rede. Perdeu o saque de zero no quarto game do segundo set, mas teve chance de reagir em seguida, quando o poderoso serviço do australiano evitou dois break-points. Isso voltaria a acontecer no sétimo game e por fim Kyrgios fechou a série. No total, cedeu apenas 11 pontos com o saque.

O terceiro set também foi equilibrado e novamente Garin desperdiçou chances importantes. Foram três chances no sexto game, porém ele conseguiu desta vez se manter sempre à frente do placar. O tiebreak foi tenso, com três quebras nos quatro primeiros pontos. Com 3-1, o australiano falhou e Garin virou para 5-3 com saque a favor. Não segurou os nervos e viu Kyrgios ganhar os quatro pontos seguintes, jogando-se ao chão para festejar seu maior momento.

Comentários