Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Cash: 'Kyrgios levou o tênis para o nível mais baixo'
04/07/2022 às 08h33

Londres (Inglaterra) - Um dos homenageados no centenário da Quadra Central de Wimbledon, o australiano Pat Cash criticou duramente o compatriota Nick Kyrgios, acusando-o de trapacear com suas travessuras em quadra contra o grego Stefanos Tsitsipas. Ele não mediu palavras e disse que o tênis conheceu seu nível mais baixo naquela partida,

“Foi um caos absoluto. Ele levou o tênis para o nível mais baixo que posso ver no que diz respeito ao jogo, trapaça, manipulação, abuso e comportamento agressivo com árbitros e juízes de linha. Ele teve sorte de passar pelo primeiro set, quando deveria ter sido desclassificado. Algo tem que ser feito, é apenas um circo absoluto”, disse Cash, que está comentando o torneio para a Rádio BBC.

Campeão de Wimbledon em 1987, o australiano tentou deixar mais claro o que quis dizer quando falou que Kyrgios trapaça em quadra. “Tsitsipas fazia um desafio e ele ia até lá e começava a reclamar, ficava pressionando o tempo todo. Isso até faz parte do jogo, mas é o tipo de coisa que ele faz e acho que há um limite. Não vejo problema com um pouco, mas ele faz em um nível que está fora de controle”.

Para Cash, o árbitro da partida perdeu o controle. “Os boleiros estavam correndo pela quadra ainda quando Kyrgios estava sacando. Tsitsipas foi sugado direto para isso, então foi divertido e fascinante, mas para mim foi longe demais agora”, afirmou o australiano.

Outro que também criticou Kyrgios foi o sueco Mats Wilander. “Eu nunca vi nada parecido e não tenho certeza se quero ver algo assim novamente. Não acho que seja isso que queremos promover no tênis. Não queremos promovê-lo como entretenimento, queremos promover como algo inspirador, educacional, mas é isso que as pessoas talvez queiram ver. Não tenho certeza se sou um grande fã do que está acontecendo”, lamentou ao Eurosport.

Até mesmo o norte-americano John McEnroe, que costumava explodir na quadra e repreender os árbitros durante seus dias no circuito, foi altamente crítico ao comportamento de Kyrgios nos seus comentários para a ESPN. "É embaraçoso, ele não precisa fazer tudo isso. É assustador como ele é bom, isso é uma tristeza de certa forma”.

Comentários