Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Tsitsipas reclama de 'bullying' por parte de Kyrgios
02/07/2022 às 19h33

Grego saiu de quadra muito incomodado com as atitudes do australiano

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) - Depois de perder um jogo tumultuado pela terceira rodada de Wimbledon, Stefanos Tsitsipas saiu de quadra bastante incomodado com as atitudes de Nick Kyrgios neste sábado. De acordo com o grego, o comportamento do australiano em quadra tem como objetivo intimidar os adversários e atrapalhar o foco na partida. Ele até comparou a situação com a prática de bullying nas escolas.

"O que ele faz é bullying constante. Ele intimida os adversários. Provavelmente era um valentão na escola. Eu não gosto dos valentões. Eu não gosto de pessoas que colocam as outras para baixo", disse Tsitsipas após a derrota por 6/7 (2-7), 6/4, 6/3 e 7/6 (9-7) para Kyrgios. "Ele também tem algumas boas características em seu caráter. Mas tem um lado muito maligno, que se for exposto, pode realmente fazer muito mal e mal às pessoas ao seu redor".

"Sobre o aperto de mão, eu nunca terminei a partida sem cumprimentar o meu adversário simplesmente por causa do desempenho dele. Ele fez uma grande partida e preciso dar os parabéns ao meu adversário. É uma coisa que eu tenho feito a minha vida inteira. Mas em termos de atitude, eu teria me me afastado dele", acrescentou o grego, que sofreu sua quarta derrota em cinco jogos contra o australiano.

Apesar da frustração pela derrota, o número 5 do mundo saiu de quadra satisfeito com seu nível de tênis, mas comparou o ambiente da partida ao de um circo. "Gostei do meu nível de tênis hoje, gostei da atmosfera lá em quadra e da forma como lutei e tentei encontrar soluções. Mas estou um pouco decepcionado com algumas das coisas que aconteceram, especialmente quando elas são repetitivas. Está começando a ficar difícil de ignorar. O jogo parecia um circo".

Ele reconhece que tentou dar uma 'bolada' em Kyrgios
O grego também admitiu que tentou acertar uma bolada em seu adversário. "Sim, eu estava mirando no corpo do meu adversário, mas errei por muito. Não estou acostumado a jogar assim. Mas eu não posso simplesmente sentar lá, agir como um robô, ou como alguém que é completamente frio e ignorante. Isso já aconteceu três ou quatro vezes agora. Ok, uma vez eu entendo, você sabe. Mas, se começar a acontecer duas, três, quatro vezes, isso realmente dá nos nervos. Porque você está lá fora fazendo seu trabalho e tem barulho vindo do outro lado da quadra sem motivo".

Outro incidente em quadra foi quando Tsitsipas atirou uma bola em direção à arquibancada e quase acertou um torcedor, o que poderia ser motivo de desclassificação do torneio. "Eu tenho que dizer que foi uma atitude muito ruim da minha parte. Eu nunca havia feito isso antes, jogar a bola para fora da quadra dessa maneira. Pedi desculpas ao público. Não sei o que passou pela minha cabeça naquele momento. Acho que isso também faz parte por causa de todo o show de circo que estava acontecendo do outro lado da rede. Começou a ficar muito cansativo, e isso aconteceu. Não acertei em nenhuma pessoa. A bola bateu na parede, graças a Deus. Com certeza nunca mais farei isso. É minha responsabilidade".

Comentários