Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Tsitsipas: 'Estou animado para enfrentar Kyrgios'
01/07/2022 às 11h27

Londres (Inglaterra) - O grego Stefanos Tsitsipas parece não se importar com o grande teste que terá pela frente na terceira rodada de Wimbledon contra o australiano Nick Kyrgios, que não apenas levou a melhor no duelo recente entre eles, semanas atrás no ATP 500 de Halle, como também ostenta um retrospecto positivo no confronto direto, com três vitórias em quatro encontros.

“Ele tem mais jogos na grama do que eu e gosta desta superfície. Acho que seu estilo combina muito bem com o piso. Estou muito animado para enfrentá-lo. Eu o respeito muito, embora ele tenha se envolvido em episódios muito controversos no passado. Tentarei manter o foco no meu jogo do início ao fim e ser muito competitivo”, comentou o grego.

Tsitsipas também falou sobre sua vitória na segunda rodada diante do australiano Jordan Thompson. Hoje me senti muito mais confortável com minha devolução profunda, algo que não funcionou para mim na estreia. Conseguir fazer bem essa bola me permite tirar meu oponente de uma posição confortável. Isso funcionou bem para mim hoje e me deu muitas chances de quebra. Meu saque também ajudou muito, estava muito consistente”, analisou.

Outro assunto abordado pelo grego foi sua parceria com o australiano Mark Philippoussis. “Eu o conheço há muito tempo, já havíamos conversado bastante no passado. Somos amigos e pensamos parecido, temos uma boa conexão e isso significa muito, não só na quadra. Mark tem grandes valores como pessoa, gostamos de tê-lo por perto, como se fosse nossa família”, disse Tsitsipas

“Ele está aqui em Wimbledon e nos vimos em outros Slams. Meu pai o ofereceu para ficar conosco e isso é o que há entre nós. Estou aberto a ouvir conselhos de qualquer uma das lendas do esporte. Às vezes, é difícil ter esse relacionamento, mas estou feliz que meu pai o trouxe para a equipe. Ele conhece a parte psicológica um pouco melhor, já que meu pai não foi um jogador como o Mark. Pode nos ajudar com essa perspectiva diferente”, acrescentou.

Comentários