Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Paire procura ajuda: 'Estou odiando o tênis'
28/06/2022 às 09h51

Embed from Getty Images

Londres (Inglaterra) - O sempre espontâneo Benoit Paire não está novamente bem na parte emocional. O francês revelou estar se consultado com um psicólogo e um especialista em hipnose depois de ser superado na estreia de Wimbledon.

"Tênis é o esporte que mais gosto, mas neste momento é o que mais odeio", sintetizou ele, agora 73º do ranking. "É uma situação mental que estou passando há algum tempo. Perdi o prazer de jogar". Depois de perder também na estreia de Roland Garros, há um mês, ele causou polêmica ao afirmar que iria a Wimbledon apenas "para pegar minha premiação, como faria numa exibição".

"Tenho me consultado com um psicanalista e feito hipnose. Estou buscando diferente ajuda porque não estou feliz com minha vida no momento. Preciso dar uma parada, recuperar o gosto pelo esporte. Eu amo e eu odeio, e é difícil esta em quadra dessa forma", tentou explicar durante a entrevista oficial em Wimbledon.

Paire diz que esse bloqueio mental não tem ajudado a ganhar partidas. "Já perdi 12 match-points consecutivos, não consigo mais fechar uma partida, nem sacar para um set. A cada semana, fica mais duro. Não fico mais feliz quando entro na quadra".

Comentários