Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Alcaraz luta por 4h e consegue a virada na estreia
27/06/2022 às 15h07

Londres (Inglaterra) - Não foi nada fácil para o espanhol Carlos Alcaraz superar a estreia em Wimbledon. O jovem tenista teve um traiçoeiro rival pela frente nesta segunda-feira, mediu forças com o alemão Jan-Lennard Struff, que o havia vencido na única vez que se cruzaram, ano passado em Roland Garros e que agora deu enorme trabalho, mas desta vez não conseguiu sair com a vitória.

Depois de ficar atrás no placar em duas oportunidades distintas, perdendo o primeiro e o terceiro sets, Alcaraz mostrou força e derrubou o rival germânico de virada e em batalha de cinco set, com 4h14 de duração, fechando o jogo com parciais de 4/6, 7/5, 4/6, 7/6 (7-2) e 6/4. Ele espera agora pelo vencedor da partida entre o italiano Fabio Fognini e o holandês Tallon Griekspoor.

Fazendo apenas seu primeiro jogo oficial na grama neste ano, Alcaraz não teve a preparação ideal por causa de uma lesão no cotovelo, que o fez desistir da participação no ATP 500 de Queen’s e entrar em quadra com uma proteção no braço. A falta de ritmo e de experiência no piso custaram caro para Alcaraz, que levou uma quebra logo no terceiro game e com ela perdeu o set inicial.

Mas o espanhol seguiu firme e manteve a calma para buscar a virada e manter a escrita de não perder na estreia de Wimbledon, já que em sua estreia no torneio, no ano passado, jogando como convidado, ele derrotou o japonês Yasutaka Uchiyama na primeira rodada para depois cair diante do russo Daniil Medvedev, no que foram até então suas duas únicas partidas na grama.

Alcaraz venceu o segundo set na reta final, perdeu o terceiro com uma quebra de diferença e passou sufoco no quarto, só garantindo o empate no tiebreak. Veio então a quinta parcial e o espanhol mostrou frieza nos momentos importantes. Sem quebras até o 4/4, o atual número 7 do mundo conseguiu bater o saque de Struff no nono game para servir em seguida para fechar, fechando no segundo match-point que teve.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Wimbledon (@wimbledon)

Comentários