Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Hurkacz não passa por Fokina, Ruud vence a 1ª
27/06/2022 às 13h49

Londres (Inglaterra) - Semifinalista do ano passado e campeão de Halle há poucos dias, Hubert Hurkacz era um dos mais cotados a atingir as rodadas decisivas deste Wimbledon, mas sequer passou da primeira rodada. Num jogo de intensos altos e baixos e muitas emoções, ele parou no espanhol Alejandro Davidovich Fokina no primeiro jogo decidido no novo sistema de match-tiebreak do centenário torneio, com parciais de 7/6 (7-4), 6/4, 5/7, 2/6 e 7/6 (10-8).

Hurkacz fazia uma partida tenebrosa, somando nada menos do que 32 erros não forçados, um número extremamente elevado para quadras de grama, quando Davidovich sacou para a vitória com 5/3 no terceiro set e abriu 40-0. Mas não conseguiu fechar. O polonês ganhou todos os cinco pontos seguintes, empatou aí desabou grande pancada de chuva, que paralisou o jogo por 40 minutos.

No retorno, Hurkacz era outro. O espanhol venceu apenas três lances até perder o terceiro set e não conseguiu mais segurar Hurkacz, que passou então a ser bem preciso nos golpes de base. Sem confiança, Davidovich acertou apenas 35% do primeiro saque no quarto set e só ganhou quatro pontos como devolvedor na parcial decisiva até chegar a vez de Hurkacz sacar para o jogo.

Também não conseguiu e a definição foi para o match-tiebreak, regulamento novo implementado este ano para todos os Grand Slam. O polonês abriu distância, chegou a 6-3 e 7-4, mas um erro de backhand custou a virada. Fokina perdeu o quarto match-point no seu saque e só foi finalizar no serviço do polonês. Seu adversário será o canhoto tcheco Jiri Vesely, que tirou o argentino Federico Coria, 6/3, 6/2 e 7/6 (7-3).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Wimbledon (@wimbledon)

Ruud e favoritos confirmam
O norueguês Casper Ruud suou muito para também ganhar pela primeira vez em Wimbledon. Ele superou o canhoto espanhol Albert Ramos em sets diretos e parciais de 7/6 (7-1), 7/6 (11-9) e 6/2. Enfrentará mais um canhoto na sequência, já que o francês Ugo Humbert derrotou a duras penas o argentino Tomas Etcheverry, por 6/3, 3/6, 4/6, 6/3 e 6/4.

No começo de rodada atrapalhado por duas paralisações pela chuva, a esperança local Cameron Norrie, cabeça 9, tirou o espanhol Pablo Andujar, por 6/0, 7/6 (7-3) e 6/3. Ele enfrentará outro espanhol, Jaume Munar, o responsável pela queda de Thiago Monteiro.

Dois norte-americanos avançaram em sets diretos. Frances Tiafoe, cabeça 23, tirou o quali italiano Andrea Vavassori, por triplo 6/4, e Tommy Paul, 30ª principal inscrito, ganhou do veterano Fernando Verdasco, 6/1, 6/2 e 7/6 (7-4). Na segunda rodada, Tiafoe joga contra o alemão Maximilian Marterer e Paul encara o veterano e canhoto Adrian Mannarino.

Comentários