Notícias | Dia a dia
Petra destaca fase de Bia: 'Não é fácil jogar com ela'
24/06/2022 às 20h34

Kvitova fez dois jogos contra Bia nesta temporada de grama, com uma vitória para cada lado

Foto: Jimmie48/WTA

Eastbourne (Inglaterra) - Finalista do WTA 500 de Eastbourne, Petra Kvitova foi a responsável por encerrar a série invicta de Beatriz Haddad Maia, que vinha de 12 vitórias seguidas em quadras de grama e dos títulos dos WTA 250 de Nottingham e Birmingham nas últimas semanas. Após a partida desta sexta-feira, Kvitova destacou a grande fase de Bia no circuito.

"Foi um jogo duro, era o que eu já esperava. Tive sorte que o meu saque me ajudou muito hoje", disse Kvitova, após a vitória por 7/6 (7-5) e 6/4. O resultado serviu como revanche para a tcheca, após o recente duelo em Birmingham. "Eu perdi para ela na semana passada, mas ela está jogando muito bem, ganhou Nottingham e Birmingham, e não é fácil jogar contra alguém assim".

"Ela sacou muito bem hoje, tivemos só uma quebra no jogo de hoje. Mas assim é o jogo na grama. Eu esperei pelas minhas chances e venci o tiebreak. Acho que essa foi a chave para vencer hoje", acrescenta a tcheca, que conseguiu a única quebra da partida na abertura do segundo set. Kvitova só enfrentou um break-point na partida e liderou a estatística de aces por 6 a 5, além de ter feito 27 a 12 nos winners.

Final contra a atual campeã Jelena Ostapenko
Ex-número 2 do mundo e bicampeã de Wimbledon, Kvitova está com 32 anos e ocupa o 31º lugar do ranking. A experiente jogadora tcheca disputará sua 39ª final na carreira do circuito e busca o 29º título. Sua conquista mais recente foi em fevereiro do ano passado em Doha. Ela enfrenta neste sábado a letã Jelena Ostapenko, a partir das 8h30 (de Brasília).

"É ótimo disputar uma final depois de um ano, então já estou feliz. Sei que Jelena adora jogar aqui, obviamente, nós vimos, ela tem um jogo muito bom para a grama. Será, novamente, um jogo definido no saque saque, nas devoluções e em poucos golpes", acrescentou a tcheca, que tem quatro vitórias e quatro derrotas contra a letã.

Atual campeã em Eastbourne, Ostapenko é a atual 14ª do ranking e busca o segundo título na temporada, depois de também ter vencido o WTA 500 de Dubai. "É uma grande semana para mim, estou jogando melhor a cada partida. Sabia que teria um jogo duro, mas estava muito confiante, focada, e acho que joguei um ótimo tênis hoje", disse a letã após vencer a semifinal contra a italiana Camila Giorgi por duplo 6/2.

Ostapenko também falou sobre o reencontro com Kvitova no circuito. "Ela é uma grande jogadora e ótima pessoa, já nos enfrentamos várias vezes e acho que a grama é o melhor piso para ela. Mas vou tentar aproveitar essa oportunidade o máximo que puder porque é ótimo jogar uma final e ao mesmo tempo me preparar para Wimbledon".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva