Notícias | Dia a dia
Bia avança sem jogar e vai rever Kvitova na semi
23/06/2022 às 12h06

Eastbourne (Inglaterra) - A fase da paulista Beatriz Haddad Maia é tão positiva que ela sequer precisou entrar em quadra nesta quinta-feira para se classificar para as semifinais do WTA 500 de Eastbourne. Sua adversária nas quartas de final, a ucraniana Lesia Tsurenko desistiu do torneio com uma lesão no cotovelo direito e garantiu o avanço da número 1 do Brasil.

Bia não colocará uma vitória a mais na sua série de 12 triunfos, já que situações de W.O. não contam para fins estatísticos segundo a WTA, mas somará a premiação, até aqui de US$ 36 mil, e os 185 pontos. Com a semi alcançada nesta semana, ela vai ganhando provisoriamente mais duas colocações e subindo para o 27º lugar no ranking, sua nova melhor marca da carreira. Ela poderá figurar entre as 25 primeiras se for finalista e chegar até o 21º posto com o título.

Em sua terceira semifinal consecutiva, vinda dos títulos em Nottingham e Birmingham, Bia terá pela frente um duelo de canhotas com a tcheca Petra Kvitova, em reedição do confronto válido pela primeira rodada de Birmingham, vencido pela brasileira em sets diretos.

Um pouco mais cedo, A bicampeã de Wimbledon, agora 31ª do ranking, fez valer a condição de cabeça de chave 14 e derrotou a tenista da casa Harriet Dart em sets diretos, marcando parciais de 6/3 e 6/4 sobre a britânica. 

A outra semifinal em Eastbourne terá a letã Jelena Ostapenko e a italiana Camila Giorgi, ambos com jogos muito fáceis nesta sexta-feira. Ostapenko eliminou a ucraniana Anhelina Kalinina, 6/3 e 6/2, e Giorgi passou pela húngara Viktoriya Tomova, 6/3 e 6/1. Cada uma venceu uma vez nos duelos diretos entre elas, um deles em Wimbledon de 2017, vencido pela letã.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva