Notícias | Dia a dia
Serena e Jabeur salvam match-point e avançam
21/06/2022 às 16h52

Serena e Jabeur só conseguiram treinar juntas na manhã desta terça-feira

Foto: LTA

Eastbourne (Inglaterra) - O retorno de Serena Williams às competições depois de quase um ano longe do circuito foi com resultado positivo. Serena recebeu convite para jogar duplas no WTA 500 de Eastbourne ao lado da tunisiana Ons Jabeur, número 3 do mundo em simples, e estreou com vitória. A parceria teve pouco tempo de adaptação, já que Jabeur foi campeã em Berlim no domingo e só treinaram juntas nesta terça pela manhã, mas venceram a tcheca Marie Bouzkova e a espanhola Sara Sorribes por 2/6, 6/3 e 13-11.

O último torneio que Serena havia disputado foi Wimbledon no ano passado. Na ocasião, ela sofreu uma lesão na perna direita ao escorregar e sofrer uma queda em quadra ainda na partida de primeira rodada contra Aliaksandra Sasnovich. Já garantidas nas quartas em Eastbourne, a norte-americana e a tunisiana enfrentam a japonesa Shuko Aoyama e a taiwanesa Hao-Ching Chan.

"Foi muito divertido jogar com a Ons, aproveitamos muito, e nossas adversárias jogaram um tênis incrível, especialmente no primeiro set. Eu precisei de um tempo para me adaptar", disse Serena, durante a entrevista em quadra. A ex-número 1 falou sobre a decisão de jogar duplas antes de seguir para Wimbledon. "Eu liguei para ela, vi que ela estava jogando muito bem e sabia que nós precisaria jogar algumas partidas. E ela sempre foi muito simpática comigo durante o circuito, então sabia que seria divertido jogar com ela".

Jabeur, que nesta semana focou apenas nas duplas, mais uma vez se disse honrada por jogar ao lado de Serena. "É uma honra que ela tenha me escolhido para jogar duplas, eu não consigo acreditar. Foi uma loucura e muito divertido. Estava um pouco nervosa antes do jogo, por estar do lado de uma lenda, mas ela estava me encorajando mesmo quando eu cometia algum erro. Então muito obrigada".

Bouzkova e Sorribes dominaram o primeiro set. Elas venceram cinco games seguidos, conquistando duas quebras, e não enfrentaram break-points ao longo da parcial. Mas ainda na reta final do set, e também no início da segunda parcial, Serena e Jabeur já sinalizavam uma reação e encontravam um bom caminho, especialmente quando a norte-americana jogava do fundo de quadra e a tunisiana cuidava da rede.

Apesar da falta de ritmo, o desempenho de Serena no saque e nas devoluções aumentava conforme a partida avançava. Ainda assim, Bouzkova e Sorribes estiveram duas vezes com quebra acima, com destaque para ótimos lobs que a espanhola fazia. Em algumas trocas do fundo de quadra, Serena tinha a oportunidade de bater na bola parada em situação confortável, sem que as adversárias provocassem mudanças de direção, possibilitando à ela usar seus golpes mais potentes, mas a ex-número 1 também mostrou boa movimentação ao vencer um ponto importante na corrida, possibilitando a ela e Jabeur virarem o set e forçarem o match-tiebreak.

O game-desempate se manteve equilibrado e, em alguns momentos, também nervoso. Jabeur se destacou ao encaixar boas devoluções nas paralelas, mas tanto ela quanto Serena cometeram erros em golpes do fundo de quadra nos dois primeiros match-points que tiveram.

Pouco depois foi a vez de a dupla europeia ficar a um ponto da vitória, mas uma tentativa de lob de Bouzkova em Serena saiu por pouco. Mesmo com pouco entrosamento com Serena, a tunisiana teve grande atuação junto à rede nos momentos decisivos para vencer o jogo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva