Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Murray corre contra o tempo, Korda desiste
21/06/2022 às 09h19

Londres (Inglaterra) - Andy Murray ainda é grande dúvida para competir naquele que pode ser seu último Wimbledon. O escocês sofreu estiramento abdominal quando disputava a final de Stuttgart há duas semanas e tenta uma recuperação em cima da hora para confirmar presença no torneio em que é bicampeão.

"Os próximos dois dias serão muito importantes", afirmou ele, agora 51º do ranking. "A lesão melhorou e a ideia é conseguir jogar". Ele no entanto está limitado no treinamento que faz, só podendo executar determinados golpes. O saque por exemplo está proibido. "Felizmente, tenho podido bater muita bola e me preparar fisicamente, mas sei que teremos de testar o movimento do saque em breve".

Murray optou por não disputar Roland Garros e então fez semifinal no challenger de Surbiton e final em Stuttgart, quando sentiu a distensão abdominal na partida contra Matteo Berrettini, mas ele acha que o fato de ter completado a partida não piorou o problema.

Enquanto isso, o norte-americano Sebastian Korda anunciou desistência de Wimbledon por estar com problema no pé. Ele foi eliminado na estreia de Eastbourne pelo australiano John Millman.

Comentários