Notícias | Dia a dia
Pliskova vê Serena com pouca chance em Wimbledon
20/06/2022 às 15h44

Eastbourne (Inglaterra) - De volta ao circuito nesta semana, disputando a chave de duplas do WTA 500 de Eastbourne ao lado da tunisiana Ons Jabeur, a norte-americana Serena Williams vai chegar em Wimbledon envolta em grandes dúvidas sobre o que poderá fazer no torneio. Para a tcheca Karolina Pliskova, a ex-número 1 do mundo deverá sofrer e não tem muita chance de ser campeã.

“Eu não sei quanto tempo faz desde que jogou. Já faz um ano? É muito tempo e ela não é mais tão nova, então suponho que o corpo também leve algum tempo para voltar à forma. Disputar partidas em torneios é muito diferente de apenas treinar e, pelo que entendi, não está jogando simples aqui (em Eastbourne), está apenas em duplas”, comentou Pliskova.

“Acho que será super difícil para ela. Não importa que tipo de jogadora seja, porque isso é uma coisa em que você ainda precisa de algum tempo. Mas é claro que ela é uma tenista incrível, conseguiu muito e ainda assim várias jogadoras ficarão com muito medo de enfrentá-la. Essa é a vantagem, mas vamos ver o nível. Eu realmente não sei o que posso dizer”, acrescentou a tcheca.

Aos 40 anos de idade, Serena não competia desde a eliminação na primeira rodada de Wimbledon do ano passado, quando escorregou na grama molhada e foi forçada a abandonar com uma lesão na perna esquerda. Pliskova tem quatro duelos com a norte-americana, com duas vitórias para cada lado. A tcheca levou a melhor no encontro mais recente, nas quartas de final do Australian Open de 2019.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva