Notícias | Dia a dia
Arábia Saudita planeja grande investida no tênis
20/06/2022 às 14h15

Riad (Arábia Saudita) - Depois de receber eventos de futebol, gole e Fórmula 1, o próximo alvo do governo da Arábia Saudita, que segue em sua manobra de “lavagem esportiva”, é uma grande investida no tênis para assim tentar atrair um evento de turismo feminino para o país.

Os sauditas buscam um acordo com a ATP há pelo menos cinco anos, mas foram repetidamente rejeitadas pelo circuito masculino, mas a situação da WTA, que vive situação um pouco mais delicada com o veto a torneios na China, pode ser o caminho para o país árabe entrar no mundo do tênis.

“Recebemos questões da Arábia Saudita sobre o interesse em trazer um evento da WTA para a região. Como uma organização global, estamos sempre interessados ​​e apreciamos as consultas recebidas de qualquer lugar do mundo”, disse um porta-voz da WTA segundo informa o Sydney Morning Herald.

Se acordo com a reportagem do jornal australiano, a WTA vem enfrentando alguma dificuldade financeira desde que o presidente executivo Steve Simon assumiu uma posição firme sobre o aparente silenciamento de Peng Shuai pela China no ano passado, vetando os eventos no país e gerando uma perda anual de US$ 20 milhões.

Uma solução alternativa seria o investimento de mais de US$ 170 milhões oferecido pela empresa de capital privado CVC Capital Partners, que assim compraria uma parte na administração da WTA. A CVC inclusive já ofereceu no passado US$ 600 milhões por uma participação em um modelo unificado de tênis combinando os circuitos masculino e feminino.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva