Notícias | Dia a dia
Após relato de Kyrgios, Stuttgart investiga caso de racismo
13/06/2022 às 20h28

O australiano relatou ter escutado comentários racistas de torcedores no estádio

Foto: Boss Open

Stuttgart (Alemanha) - Depois de o australiano Nick Kyrgios relatar em suas redes sociais ter ouvido comentários racistas de torcedores no estádio, durante a semifinal contra o britânico Andy Murray no último sábado, a organização do ATP 250 de Stuttgart divulgou um comunicado informando que irá investigar o caso.

"O torneio da ATP em Stuttgart apoia a criação um ambiente inclusivo para todos os jogadores, funcionários e visitantes, onde a discriminação de qualquer tipo não é tolerada. Não são aceitas ações discriminatórias por parte dos espectadores", diz a nota oficial do torneio.

"Expressamos nosso pesar em relação a Nick Kyrgios e sua equipe. E asseguramos que qualquer tipo de discriminação é inaceitável. O incidente está atualmente sob investigação", acrescentaram os organizadores do evento.

Kyrgios perdeu o jogo de sábado para Murray por 7/6 (7-5) e 6/2. O australiano também reclamou de ter sido punido pelo árbitro alemão Nico Helwerth quando tentou responder ao espectador. Na ocasião, o tenista já havia sido advertido duas vezes na partida, por abuso de bola e por quebrar uma raquete. Com isso, a terceira sanção no mesmo dia acabou sendo pesada e ele acabou sendo punido com a perda de um game. Um supervisor do torneio foi chamado à quadra e conversou com o australiano, que continuou na partida.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva