Notícias | Dia a dia
Brasileiras ficam o vice no Sul-Americano de 14 anos
11/06/2022 às 19h16

A equipe brasileira teve Victoria Barros, Letícia Marangoni, Pietra Rivoli e o capitão Carlos Chabalgoity

Foto: Divulgação

Armênia (Colômbia) - Depois de uma campanha invicta na fase de grupos, o Brasil ficou com o vice no Sul-Americano Feminino de 14 anos, que foi disputado nas quadras de saibro da cidade de Armênia, na Colômbia. As brasileiras foram superadas pela Argentina neste sábado. As duas equipes estão classificadas para o Mundial da categoria, que acontece em agosto em Prostejov, na República Tcheca.

Sol Larraya derrotou Victoria Barros por 6/3 e 6/1 na abertura do confronto. Na sequência, foi a vez de Candela Vazquez definir a série ao vencer Leticia Marangoni por 6/0 e 6/1. Estas foram as únicas derrotas de tenistas brasileiras durante toda a semana. Elas vinham de vitórias por 3 a 0 sobre Uruguai, Chile, Equador e Peru.

A equipe brasileira ainda contou com Pietra Rivoli e teve como capitão Carlos Chabalgoity. A última vez que o Brasil disputou o Mundial de 14 anos no Feminino foi em 2019. Na ocasião, elas foram campeãs do Sul-Americano e ficaram em terceiro de seu grupo no Mundial, com vitória sobre a África do Sul e derrotas para Suíça e Ucrânia.

Masculino termina em sexto lugar
O time masculino do Brasil ficou em sexto lugar geral no Sul-Americano. Já sem chances de classificação para o mundial, os brasileiros encerraram a participação com derrota para o Peru. Nicolas Baena venceu Pedro Burin por 6/2 e 6/4, enquanto Joaquin Rodriguez derrotou Francisco D'Amorim por 7/5 e 6/3.

O título do Sul-Americano masculino ficou com a anfitriã Colômbia, que venceu o Equador na final por 2 a 0. Lucas Velasco venceu Tito Chavez por 6/4 e 6/2, enquanto David Castellanos bateu Lucas Yunes por 7/6 (7-3) e 6/1. A terceira vaga no Mundial ficou com a Argentina, que venceu o Paraguai por 2 a 0.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva