Notícias | Dia a dia
Bia derruba Sakkari e vai à semi em Nottingham
10/06/2022 às 11h13

Nottingham (Inglaterra) - Não poderia começar melhor a temporada de grama para a paulista Beatriz Haddad Maia. Depois de duas boas vitórias no WTA 250 de Nottingham, nesta sexta-feira ela teve um enorme desafio pela frente contra a grega Maria Sakkari, cabeça 1 do torneio e número 5 do mundo, vencendo uma dura batalha de três sets, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3, após 2h38.

Em busca de um lugar na final, Bia enfrentará a tcheca Tereza Martincova, que surpreendeu a chinesa Shuai Zhang, quarta favorita em simples e parceira da brasileira na chave de duplas, trinfando com placar final de 6/3 e 6/2.

Bia venceu Sakkari pela terceira vez no circuito, sendo a última delas na atual temporada em Miami. O primeiro duelo entre as duas foi realizado ainda em 2014. A campanha até as semifinais está rendendo 110 pontos para a paulistana de 26 anos e 48ª do mundo, que deverá subir para a 42ª colocação, a melhor da carreira. Ela marcou sua quarta vitória contra top 5 na carreira.

O primeiro set começou com as sacadoras prevalecendo e confirmando seus games sem grandes problemas na primeira metade da disputa. No sexto game, Sakkari enfrentou o primeiro break-point e acabou quebrada. Na sequência, ela teve uma chance de devolver o break, mas não conseguiu. Bia se manteve à frente até servir em 5/3, quando foi quebrada de volta.

Só que a reação da grega não foi longe, uma vez que no game seguinte ela sofreu mais uma quebra e assim acabou levando a pior. Bia terminou com um aproveitamento levemente superior com o saque, vencendo 60% dos pontos contra 54% de Sakkari.

A história mudou na segunda parcial, em que a canhota paulista terminou com apenas 59% de aproveitamento e a grega elevou o nível para 70%. Bia não conseguiu pressionar Sakkari e não teve um break-point sequer a seu favor, mas encarou vários contra. Ela salvou dois no primeiro game, mas um no quinto e outro no sétimo, quando foi quebrada.

Sakkari empatou o jogo e levou a definição para o terceiro set, em que a paulista jogou melhor e passou por menos apuros com o serviço. Ela também conseguiu dar mais trabalho com as devoluções, teve três break-points no segundo game e mais dois no oitavo, quando conseguiu a quebra e sacou para o jogo. Bia então enfrentou dois break-points, salvou ambos e fechou no segundo match-point que teve.

Sakkari liderou a estatística de winners por 56 a 47, mas cometeu 64 erros não-forçados contra 44 de Bia. A brasileira criou oito break-points e conseguiu três quebras, enquanto a grega criou nove oportunidades de quebra na partida e só aproveitou duas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva